O Rio de Janeiro continua lindo

Mais que um cartão postal a capital fluminense é um estado de espírito

O nome completo da capital fluminense, São Sebastião do Rio de Janeiro, homenageia o santo homônimo do imperador Dom Sebastião, que governava Portugal quando a cidade foi fundada. Foto iStock/Reprodução

Não é nada clichê dizer que o Rio de Janeiro é uma cidade maravilhosa, este título não é toa. O destino mais famoso do Brasil está repleto de praias belíssimas e ícones geográficos marcantes como o Corcovado e o Pão de Açúcar, a cidade também ostenta uma infinidade de atividades culturais e gastronômicas e uma rede hoteleira ampla para receber milhões de turistas do mundo todo.

A segunda maior cidade do país traz aquela combinação perfeita para quem procura curtir a vida agitada de uma grande metrópole e desfrutar, ao mesmo tempo, de belos cenários naturais ao mesmo tempo. O Rio de Janeiro possui cerca de 30 km de orla contornada por calçadões que te permitem percorrer as praias e os bairros de Copacabana, Ipanema e Barra da Tijuca desfrutando os mais famosos e belos cenários.

Considerada a obra arquitetônica de maior porte no período Brasil Colônia, os Arcos da Lapa são um dos cartões postais da cidade. Foto: divulgação

Já a noite carioca é um convite a parte. A boemia da Lapa é passagem obrigatória para entender a energia da cidade. E para os que têm mais tempo para desfrutar desse paraíso, é possível deixar a capital e percorrer o litoral fluminense e a Região dos Lagos.

O que fazer no Rio de Janeiro?

Para responder essa pergunta pode-se gastar linhas e mais linhas de inúmeras sugestões como Biblioteca Nacional, Parque da Catacumba, Sambódramo, Estádio do Maracanã, Pedra da Gávea, Mosteiro de São Bento, Museu da República, Parque Nacional da Tijuca, MAM – Museu de Arte Moderna, Theatro Municipal do Rio de Janeiro, Museu do Amanhã, Escadaria Selarón, Lagoa Rodrigo Freitas, Bairro de Santa Teresa e Igreja de Nossa Senhora da Candelária, como não é possível abordar cada uma destas maravilhas, destacamos as mais procuradas pelos turistas.

Sol e mar

Praias não podem faltar e é na zona sul que estão as mais famosas: Copacabana, Ipanema e Leblon. Mais frequentadas pelos turistas e para quem procura pelo pôr do sol mais famoso da cidade maravilhosa, o Arpoador deve entrar na lista.

A Praia de Ipanema ficou mundialmente conhecida pela música Garota de Ipanema, composta por Tom Jobim e Vinícius de Moraes. Foto: divulgação

Cristo Redentor

O cartão postal mais famoso da cidade é uma das 7 maravilhas do mundo moderno. O Cristo Redentor tem 30 metros de altura e 8 de pedestal.

A enorme estrutura fica no alto do Morro do Corcovado a 710 metros em meio a Floresta da Tijuca. Foto: divulgação

Pão de Açúcar

Outro passeio concorrido é o de bondinho até o topo do Pão de Açúcar. O bonde sai da Praia Vermelha e faz duas paradas.

De cima se tem uma visão panorâmica de toda a zona sul e de Niterói. Foto: divulgação

Parque Lage

Localizado entre as encostas do Morro do Corcovado e a Rua Jardim Botânico, o Parque Lage é um dos mais agradáveis parques da Zona Sul do Rio de Janeiro.

O espaço é ideal para piqueniques e atividades ao ar livre. Foto: divulgação

Jardim Botânico

Considerado por muitos um museu vivo no que diz respeito à botânica, o parque abriga centenas de espécies brasileiras e estrangeiras.

O Jardim Botânico, além de render ótimas fotos, é excelente opção para passeios com família ao ar livre. Foto: divulgação

O Rio de Janeiro é realmente deslumbrante e repleto de possibilidades. Quer conhecer pacotes que te ajudarão na hora de montar seu roteiro? Clique aqui.

Para saber mais sobre a cidade, horários de funcionamento e outras informações acesse www.rio.rj.gov.br/riotur

Comments are closed.