Capela Santa Maria tem recital de canto lírico nesta sexta

0
43

Ouvir uma ária da ópera “La Bohème”, de Giacomo Puccini, depois de ter apreciado uma composição do pianista Carlos Santoro para o poema “Acalanto da Rosa”, de Vinicius de Moraes. Isto é uma pequena amostra do que ganhará quem comparecer, na sexta-feira, dia 19 de julho, às 20 horas, no Espaço Cultural Capela Santa Maria.

Dentro da série de concertos Bravíssimo, a Unicultura traz, para apresentação única em Curitiba, o tenor Renato Cordeiro e o pianista Jeferson Mello. Os dois começaram sua carreira em Curitiba, mudando-se depois para a Europa, a fim de aprimorar seus estudos e agora retornam ao país com o espetáculo que prepararam para o Teatro de Portimão, em Portugal. Na capital do Paraná, a apresentação é gratuita, mas sujeita à lotação da Capela Santa Maria, que é de 276 lugares.

Renato Cordeiro concluiu seu mestrado em Canto Lírico no Conservatório Trinity Laban de Música e Dança, em Londres, sendo orientado pela mezzo-soprano Ameral Gunson e pela pianista Helen Yorke. O pianista Jeferson Mello fez seu mestrado em Acompanhamento na Itália, nos conservatórios de Adria e Vicenza, quando estudou com nomes do quilate de Livio Cade, Federica Righini e Riccardo Zadra.

O espetáculo em Curitiba, incorporado à série de concertos Bravíssimo, é organizado pela Unicultura desde o início do ano. Criada por Ricardo Trento há dez anos, a Unicultura tem mais de 20 iniciativas na sua carteira de projetos culturais, reconhecidos pelo alto impacto social do que realiza. O show em Curitiba tem o apoio da Fundação Cultural de Curitiba.

Da Europa para o Oeste do Paraná –

Radicados na Europa, os músicos Renato Cordeiro e Jeferson Mello se encontram em Portimão para uma turnê que os trará de volta ao estado do Paraná, na terra natal, para concertos na capital, Curitiba, e em Medianeira – uma cidade do tamanho de Portimão, em Portugal, mas que só agora ganhou seu primeiro piano de cauda graças a empresas da região e à Unicultura.

Acontece que neste ano, em parceria com a Frimesa a Unicultura adquiriu um piano de cauda Samick NSG 228, doado à cidade, que tem o tamanho de um carro e pesa 415 quilos. A chegada do primeiro instrumento deste tipo no município marca a entrada de Medianeira no circuito cultural da música erudita no Paraná. Juntaram-se ao projeto as empresas Lar Agroindustrial e Fertipar e desde abril, uma série de concertos didáticos são realizados na cidade, com o objetivo de popularizar a cultura e agir na formação de plateia.

Com a vinda de Cordeiro e Mello, a intenção é que a rica cena cultural portuguesa sirva de inspiração para essa etapa dos concertos Bravíssimo. Em Medianeira, o show, no CPC Arandurá, será no dia 16 de agosto, às 10h, 15h e 20h30. Os ingressos são gratuitos e os shows acontecem em três horários diferentes para que escolas da região possam comparecer ao teatro para ter contato com a música erudita. Neste dia, a mezzo soprano Sabrina Brisch e a soprano Renata Bueno juntam-se aos músicos.

Comments are closed.