Especialista desenvolve ferramenta para calcular possíveis mortes pela Covid-19 no Brasil

Especialista desenvolve ferramenta para calcular possíveis mortes pela Covid-19 no Brasil

O professor de Economia da EAD Unicesumar, Sidinei Silvério da Silva, desenvolveu uma calculadora para estimar o número de óbitos de Covid-19 no Brasil. Para criar a ferramenta, o especialista usou parâmetros da econometria, que consiste na aplicação de procedimentos matemáticos e estatísticos a problemas socioeconômicos, permitindo explicar o comportamento de variáveis que já́ foram observadas ou, ainda, prever possíveis comportamentos.

O modelo do professor baseia-se no número de casos confirmados e obtém uma estimativa a partir destes dados, o que ajuda avaliar um número aproximado de óbitos. A margem de erro é de apenas 4%. “O presidente da república afirmou em uma live nas redes sociais, em 18 de abril, que 70% da população se contaminaria com o coronavirus. Hipoteticamente, estaríamos falando de 147 milhões de brasileiros infectados. Dada as condições atuais, quantos óbitos seriam? A calculadora apresenta o número aproximado para esse cenário hipotético. Além disso, segundo dados divulgados pelo Instituto de Métrica da Universidade de Washington (IHME), nos Estados Unidos, 88.305 pessoas podem morrer por conta da Covid-19 no Brasil até 4 de agosto. Pela calculadora, para o cenário descrito, o número aproximado de casos confirmados seria 1.4 milhão”, explica Silva.

Para o estudo, foram utilizados dados de casos confirmados (variável explicativa) e casos fatais (variável dependente), disponibilizados pelo Ministério da Saúde. O especialista também fez uso da econometria, parâmetro adotado para o desenvolvimento da calculadora, uma das áreas das ciências econômicas empregadas na previsão do comportamento de variáveis macroeconômicas pelo Banco Central do Brasil. Entre os exemplos mais comuns, o cálculo da taxa de câmbio, taxa de inflação, taxa de desemprego, produto interno bruto e taxa de juros.

A ferramenta é gratuita e está disponível para acesso pelo site http://www.enterprisemaringa.com/covid19.

 [email protected]

Comments are closed.