Frente fria pede atenção especial à circulação sanguínea

Dor e formigamento nas pernas; pele fria, pálida e arroxeada podem ser um alerta de doenças vasculares

Frente fria pede atenção especial à circulação sanguínea

A previsão do tempo para o País nos próximos dias é de uma frente fria rigorosa. A queda da temperatura faz com que o corpo tenha um enorme esforço para manter a temperatura ideal e evitar o comprometimento do bom funcionamento do organismo. E, o sistema vascular tem grande papel nesse momento.

Para manter o corpo aquecido, os vasos sanguíneos se contraem em um fenômeno chamado vasoconstrição, que pode levar ao desenvolvimento do Fenômeno de Raynaud. “O estreitamento dos vasos sanguíneos, que causa esse fenômeno, reduz o fluxo sanguíneo para as extremidades e determina uma diminuição da oxigenação dos tecidos”, explica o cirurgião vascular e membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular, Dr. Luciano Amaral Domingues.

O especialista esclarece que alguns sintomas podem ser indicadores do quadro, como o frequente formigamento, dor e sensação de frio nos membros inferiores e superiores, que podem apresentar cor pálida ou arroxeada. Feridas nos dedos indicam maior gravidade da doença e pede uma avaliação de um cirurgião vascular.

Cerca de 3% a 5% da população apresenta o Fenômeno. Mulheres jovens e pessoas com ansiedade e estresse emocional são os mais acometidos. Ademais, obesidade, diabetes, colesterol alto e tabagismo também aumentam a incidência das doenças vasculares. O frio pode propiciar ou agravar diversas outras enfermidades, como a hipertensão, doença arterial obstrutiva periférica (DAOP) e isquemia cardíaca.

Dr. Domingues afirma que, nas baixas temperaturas, é importante adotar hábitos saudáveis para manter uma boa circulação sanguínea. Beber água regularmente e praticar atividades físicas moderadas, sempre controlando os batimentos cardíacos muito acelerados, otimizam a saúde vascular.   Evitar o tabagismo e consumo de bebidas alcóolicas também são práticas importantes.

A SBACV 

A Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV) é uma associação sem fins lucrativos, que visa a defender os direitos de seus profissionais, médicos e residentes, especialistas em saúde vascular. Além disso, tem como objetivo incentivá-los à produção científica, aprofundando as pesquisas nas áreas de Angiologia, Cirurgia Vascular e Endovascular, Angiorradiologia e outras modalidades.

A entidade trabalha com uma política alinhada aos valores da AMB (Associação Médica Brasileira) e do CFM (Conselho Federal de Medicina) a fim de conduzir a instituição de maneira ética, sempre valorizando as especialidades médicas em questão. Atualmente, conta com 23 associações regionais espalhadas por todo o Brasil.

elenicecostola@waycomunicacoes.com.br