Sem festa da firma no fim do ano? Plataforma oferece pacote de confraternização digital

0
436

Produto “Festa da Firma DIGIclowd” oferece transmissão e streaming para eventos de até duas horas com 300 participantes. Empresa visa fechar 20 eventos este ano e busca nova abordagem junto ao mercado 

Sem festa da firma no fim do ano? Plataforma oferece pacote de confraternização digital

A pandemia separou as pessoas e incomodou negócios, sobretudo os pequenos e médios. Os que sobreviveram ao 2020 atípico precisaram cortar gastos, e aí, para evitar aglomerações e riscos de contágio pelo novo coronavírus, e também de olho no caixa, as organizações foram obrigadas a repensar o modelo das tradicionais festas de fim de ano. Foi nessa realidade que a DIGIclowd, plataforma especializada em streaming e transmissão de eventos digitais, criou o pacote “Festa DIGItal da Firma”.

Por R$ 5.490, o pacote básico (que não inclui estúdio e câmeras de filmagem) é a possibilidade de pequenas e médias empresas reunirem, cada um em sua casa, diretoria e colaboradores para comemorar algumas vitórias conquistadas em um período tão pesado como o enfrentado em 2020 e pensar em dias melhores para 2021. “Este ano foi difícil para as empresas. Vai ser difícil para elas não comemorarem alguma coisa, alguma vitória conquistada”, entende Fhabyo Matesick, co-fundador e CMO da DIGIclowd. A decisão de criar o produto surgiu a partir da demanda; a plataforma passou a ser procurada por empresas para a realização desse tipo de evento.

“É uma forma diferente de abordar o mercado”, explica Fhabyo. “O produto é pontual, mas pode vir a se estabelecer no futuro caso tenha adesão e demanda. Pode se transformar em um pacote de convenção de vendas, ou seminários, workshops. As possibilidades são enormes”, acrescenta.

Distantes, mas não separados

O pacote oferece portal de transmissão, streaming de até duas horas para até 300 participantes. A DIGIclowd trabalha na roteirização, realiza usa o design para customizar a plataforma e a tela de transmissão, além de disponibilizar um editor de vídeo para fazer a edição do evento ao vivo. “A ideia é deixar o evento mais próximo de um programa de TV”, informa. O pacote básico não envolve estúdio, locação, equipamentos de filmagem, áudio e iluminação, porém a DIGIclowd é parceira de produtoras em todo o país, possibilitando o upgrade de produção (com orçamento sob demanda) em qualquer estado brasileiro.

Para oferecer o produto, a DIGIclowd iniciou, neste mês, campanha pelas redes sociais Facebook, Instagram, LinkedIn e WhatsApp. A expectativa da empresa é fechar 20 eventos para este fim de ano. Ainda que seja básico, devido a elasticidade da plataforma da DIGIclowd, a “festa digital” pode ser customizada para empresas de qualquer porte, e está habilitada a ser utilizada em qualquer parte do país ou do mundo.