CTM Investimentos lança fundo de previdência privada com alocação de 70% em renda variável

Há opção nos regimes de impostos PGBL e VGBL. Objetivo da gestora é oferecer ganhos superiores aos do CDI

Aposentadoria com mais recursos é possível com investimentos planejados

Ter renda para viver confortavelmente, depois de anos de trabalho, é o desejo de todo trabalhador. Entretanto, apenas com a previdência pública isso não é possível para a grande maioria da população. A saída é investir em uma previdência privada complementar. A questão, é que nem todas rendem o que poderiam render, já que cerca de 90% do dinheiro alocado nesses fundos de previdência ainda está em renda fixa. Os dados são da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima).

Segundo a mais recente pesquisa da associação, intitulada Raio X do Investidor Brasileiro, realizada pelo instituto Datafolha e divulgada em 2020, o total de brasileiros que têm conseguido economizar algum valor aumentou na comparação com a pesquisa anterior. Os dados correspondem ao ano de 2019 e mostram que 38% da população está economizando, número que é 5 pontos maior do que o de 2018. Desse total, 42% aplicou os recursos em produtos financeiros, sendo 5% em previdência privada. A pesquisa entrevistou 3.433 pessoas, de 149 municípios, das classes A, B e C, economicamente ativas, que têm algum tipo de renda (ativa ou de aposentadoria). O recorte é equivalente a 96,3 milhões de pessoas, ou a 58% da população acima de 16 anos.

Com o objetivo de oferecer uma aposentadoria mais robusta aos interessados, a CTM Investimentos, gestora independente, passou a  oferecer um fundo de previdência privada com alocação de até 70% em fundos de renda variável. A estratégia prevê, a médio e longo prazo, ganhos de capital bem acima do CDI. Os 30% de saldo estarão alocados em estratégias de renda fixa. O produto, chamado de CTM Gênesis Icatu Previdenciário Fundo de Investimento Multimercado, destina-se exclusivamente a receber, diretamente, recursos referentes às reservas técnicas de PGBL e VGBL.

Com aporte inicial de R$ 5 mil e sem a exigência de aplicações mínimas, o fundo de previdência é mais uma opção de investimento para interessados em acumular recursos, desta vez com olhar para a aposentadoria. “O CTM Gênesis é uma combinação de estratégias. Usamos teses parecidas às que adotamos em nossos outros fundos, para que os ganhos sejam superiores aos demais planos previdenciários, mas agora, neste produto, com foco em aposentadoria”, explica Daniel Alberini, diretor de gestão da CTM Investimentos.

“Nossas teses levam em conta a realidade das empresas, as tendências e a nossa percepção de mercado, por isso temos conseguido excelentes resultados em nossos fundos próprios. Dois deles, o Hedge e o Estratégia, estão elencados nas primeiras posições nacionais de menor risco e maior rentabilidade. E o previdenciário seguirá a mesma linha”, anuncia.

Além de atrair a atenção de quem deseja complementar a aposentadoria pela previdência pública, os planos privados também se destacam por permitirem alguns benefícios tributários. “O investidor que tem um salário mensal e desconto de imposto de renda retido na fonte, tem o benefício de ter uma restituição maior ao longo das contribuições obrigatórias. Por isso muitos têm optado por este tipo de investimento”, destaca Alberini.

Além dos benefícios padrão, concedidos pela normativa dos fundos, as gestoras e assessoras de investimentos também oferecem outras vantagens. Há diferença nos tipos e valores das taxas. Quem deseja investir, deve ficar atento, também, à expertise da empresa, carteira de serviços e montante gerenciado, além do cumprimento das regulamentações vigentes. É importante saber, ainda, que os planos de previdência privada permitem portabilidade, ou seja, mudar de modalidade e de instituição, bastando para isso entrar em contato com a nova empresa, que ficará encarregada de todo o trâmite.

CTM INVESTIMENTOS

A CTM Investimentos é uma gestora independente. Fundada em 2012, atualmente possui cerca de 4 mil clientes e mais de R$ 500 milhões sob gestão. Dois dos seus fundos foram listados entre os melhores do país. O CTM Estratégia FIA é o segundo com melhor relação risco retorno e o CTM Hedge FIM é o quinto mais rentável. A CTM faz parte do sistema de Mercado de Capitais Brasileiro e está sob a regulação e fiscalização da CVM (Comissão de Valores Mobiliários).