Mulheres representam metade dos colaboradores da Mondelez Brasil

Atualmente, 50% da população na empresa é feminina e 45% ocupam cargos de liderança

Mulheres representam metade dos colaboradores da Mondelez Brasil
50% da população na empresa é feminina e 45% ocupam cargos de liderança
Divulgação Mondelez Brasil

A Mondelēz International, líder global em snacks e dona de marcas como Lacta, Trident, Halls, Club Social, Bis, Oreo e Tang, reforça o seu comprometimento com a igualdade de gênero no dia Internacional da Mulher. Dos 8 mil colaboradores no Brasil, 50% são mulheres e 45% dos cargos de liderança são ocupados por elas. Recentemente a companhia apresentou seu compromisso para promover o avanço em diversidade, inclusão, representatividade e pertencimento em todas as áreas em que atua no Brasil.

“Desde que a Mondelēz foi criada, em 2012, sempre foi uma prioridade para a gente promover a igualdade de gênero pelo simples fato de que é fazer o que é certo. Recentemente apresentamos nosso compromisso de Diversidade e Inclusão e entre as nossas metas está ter 50% dos cargos de liderança, a partir de gerência, ocupados por mulheres até 2023”, conta Betina Corbellini, diretora de RH da Mondelēz no Brasil. “Esses números nos dão muito orgulho e são fruto de um trabalho consistente de políticas internas para o desenvolvimento da carreira das nossas colegas e também na atração de talentos”, finaliza a executiva.

A Mondelēz faz parte da WILL – Women in Leadership in Latin America, a fim de identificar e avançar com melhores práticas para equidade de gênero nas organizações. Entre as iniciativas adotadas pela companhia estão mentoria para desenvolvimento de liderança feminina e um projeto de rodízio, onde uma área com maior presença feminina atua em benefício de outra ainda com oportunidades.

As ações para incentivar o desenvolvimento profissional das mulheres dentro da companhia incluem licença maternidade estendida, inclusive para casais homoafetivos, programa Materna e de acompanhamento à gestante, banco de talentos exclusivo para mulheres para qualquer nível da organização e parcerias com consultorias especializadas para implementação das políticas internas de diversidade e inclusão. Além disso, a Mondelēz criou um Comitê de Diversidade que atua em quatro frentes: Gênero, LGBTQIA+, PCD e Étnico-Racial. As políticas são construídas de maneira colaborativa em rodas de conversa com os colaboradores e lideranças.

Consciente dos números elevados de violência contra a mulher e seguindo o seu propósito de fazer o que é certo, a Mondelēz lança agora em março um programa de acolhimento para as colaboradoras vítimas de violência. Entre as ações estão a parceria com o aplicativo Avatar da Saúde, que possui um botão que pode ser acionado em situações de emergência, canal exclusivo de atendimento com assistente social, médico e apoio jurídico e todo o suporte necessário para garantir o acolhimento da vítima, incluindo licença de trabalho e até transferência de localidade afim de garantir a segurança da colaboradora.

A presença feminina em diversas áreas da empresa, incluindo na liderança de posições de supply chain e manufatura, mostra a importância do comprometimento com a causa. Ainda em 2021 a companhia fará a adesão aos Princípios de Empoderamento das Mulheres – Equality Means Business, da ONU Mulheres. O engajamento da Mondelēz em dar todo o suporte necessário para o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional, além do estímulo para o desenvolvimento das carreiras das funcionárias, reforça o seu papel perante a sociedade como agente de transformação da realidade das mulheres no mercado de trabalho.

A contribuição vai além dos limites da companhia através do programa de educação sexual e feira de profissões para adolescentes da comunidade, a fim de apoiá-las na perspectiva de um futuro mais próspero. Há também o incentivo ao empreendedorismo de mulheres em situação de vulnerabilidade através do projeto Colcha de Retalhos. A equipe Mondelēz, com oficinas de voluntários, apoia as empreendedoras no projeto de geração de renda e também na comercialização dos produtos. Além disso, a Mondelēz Internacional vai investir US$ 1 bilhão em empresas pertencentes a mulheres e minorias, incluindo no Brasil.   (Juliane da Silva)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS