Nível elevado de colesterol pode afetar a retina e causar graves problemas na visão

Retinopatia diabética e retinopatia hipertensiva são duas doenças que podem se agravar devido ao colesterol elevado

Crédito: Adobe Stock

Segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), quatro em cada dez adultos no país apresentam níveis elevados de Colesterol. Essencial para o funcionamento das células do cérebro, nervos, músculos, pele, fígado, intestinos e coração, o colesterol também é importante para a formação de hormônios de vitamina D e até ácidos biliares, que ajudam na digestão das gorduras da alimentação. O problema é o excesso de colesterol ruim, denominado LDL (Low Density Lipoprotein – Lipoproteína de baixa densidade), que está associado a diversas doenças a partir do entupimento de veias e artérias. Ainda de acordo com a SBC, cerca de 18,4 milhões de pessoas no Brasil correm o risco de ter algum grave problema de saúde como AVC e infarto, por apresentaram altos níveis de colesterol ruim.

Além disso, o colesterol alto pode ocasionar graves problemas na visão, como explica o oftalmologista do Hospital de Olhos do Paraná, Dr. Jayme Arana. “O aumento do LDL pode acarretar oclusões vasculares na retina, ocasionando importante diminuição da visão e até mesmo a cegueira. A oclusão da artéria central da retina ocasiona, geralmente, perda visual total irreversível, devido à isquemia retiniana (ausência de circulação sanguínea). Se a oclusão for apenas de um ramo arterial, a perda de campo visual será correspondente à região irrigada por essa artéria”, explica o especialista. Entre as doenças da visão que podem ter seu quadro agravado estão a retinopatia hipertensiva, retinopatia diabética e vasculopatias oclusivas. “Entretanto, observamos na prática diária que muitos pacientes diabéticos com colesterol alto não respondem bem ao tratamento da retinopatia, não tem melhora significativa da visão devido ao edema macular”, pontua Dr. Arana.

Existem ainda outros agravantes para o desenvolvimento de doenças da visão em indivíduos com colesterol elevado, especialmente para pessoas diabéticas, hipertensas, fumantes e sedentárias. “Este grupo apresenta grande dificuldade de ter um controle clínico adequado, sendo altamente predisposto a complicações afetando, especialmente, órgão nobres: cérebro, rins, coração e olhos, com complicações irreversíveis. O colesterol alto pode ocasionar ateromatoses, êmbolos que causam obstrução à passagem de sangue para a retina e causar perda severa da visão e até mesmo irreversível. Uma preocupação que devemos ter é que o aumento de colesterol é uma doença silenciosa”, afirma o oftalmologista.

 

Como evitar complicações na visão

 

Muitos problemas na visão ocasionados pelo colesterol alto podem ser evitados, seguindo algumas recomendações, que vão desde avaliações periódicas com um médico oftalmologista, até mudanças na alimentação e prática de exercícios físicos. Confira:

 

1 – Avaliação oftalmológica:

 

A)- Exame minucioso do fundo de olho, para verificar  se há esclerose arteriolar,  êmbolos nas bifurcações arteriolares, oclusões ou sequelas de oclusões vasculares retinianas,  às vezes alterações no vítreo ( gelatina dentro do olho) : sínquise cintilante ( cristais de colesterol no vítreo).

 

B)- Presença de halo pré-senil na córnea – especialmente em pacientes abaixo de 45 anos, imperativo fazer um lipidograma.

 

C)-  Presença de placa amarelada na pele palpebral ( xantelasma) que está associada a alteração hereditária do metabolismo dos lipídeos

 

2 – Avaliação do perfil lipídico (colesterol com suas frações e triglicerídeos), não apenas dos idosos, mas já desde a infância e adolescência. Nos idosos, o ideal é realizar a avaliação ao menos uma vez por ano.

 

3 – Dieta saudável e orientada, rica em fibras, pobre em gorduras. Preferir alimentos cozidos, assados ou grelhados, substituir açúcar por adoçantes naturais, carboidratos mais integrais, cereais integrais, legumes, verduras, reduzir gorduras de origem animal.

 

4 – Aumentar o colesterol bom (HDL) – através de exercícios físicos e caminhadas.

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui