Como o sorriso afeta diretamente na autoestima

No mês de conscientização para saúde mental, dentistas discutem o cuidado com os dentes para melhora da autoestima e também com a finalidade de diminuir o bullying entre crianças e adolescentes

Quantas vezes já se ouviu que o sorriso é o cartão de visitas de uma pessoa? Quando a pessoa é sorridente, ela é vista como simpática, empática e feliz. “O sorriso causa sim uma primeira impressão. Já na adolescência, vemos muitos sofrendo bullying por conta de uma dentição torta, mordida curvada, espaços e amarelamento nos dentes”, conta a ortodontista Viviane Vivaldi.

A especialista explica que em seu consultório é comum atender o público mais jovem, que está indo cada vez mais cedo buscar um sorriso perfeito, para melhorar seu desempenho na escola e social. “As consequências são muito grandes e não nos damos conta de como o sorriso pode afetar a saúde mental de um jovem, e afetar também seu desempenho em todas as áreas da vida”, comenta.

Os problemas mais comuns observados nos jovens são dentes muito para frente, sobremordida extrema, espaços entre os dentes da frente, ausência de dentes da frente, mordida cruzada ou aberta demais.

Instrumentos usados pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para mensuração da qualidade de vida, atestam que o tratamento ortodôntico melhora os índices de bem-estar e saúde mental de crianças e adolescentes.

“Os quadros de ansiedade e depressão, por exemplo, modificam os hábitos de alimentação, sono e autocuidado, levam ao aumento do bruxismo, alteram a produção da saliva, pioram os sintomas da Doença do Refluxo Gastroesofágico, entre outros”, explica Viviane.

Os cuidados com a boca e o sorriso, por outro lado, impactam diretamente no bem-estar físico, na autoimagem e na autoestima. “Todo tratamento é viável e possível, mas para isso é preciso levar em um ortodontista de sua confiança e começar o tratamento que, em alguns casos, são muito rápidos e mais simples do que se imagina”, finaliza.

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui