Congresso da SOCESP reforça parceria entre a cardiologia e a cirurgia cardíaca com forte programação conjunta

O avanço da cardiologia pressupõe a pormenorização de alguns campos dentro da própria especialidade. É o caso da cirurgia cardiovascular, uma área que ganha cada vez mais relevância por conta de novas técnicas e as diretrizes desenvolvidas reassegurando a qualidade e os benefícios dos procedimentos. Pensando nisso, a Comissão Científica da SOCESP – Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo – e a SCICVESP – Sociedade de Cirurgia Cardiovascular do Estado de São Paulo – fecharam parceria para definir a programação de uma série de mesas de debate para o 42º Congresso de Cardiologia da SOCESP, que acontece nos dias 16, 17 e 18 de junho, no Transamerica Expo Center, em São Paulo.

“Teremos temas atuais e avanços da cirurgia cardíaca em sessões com palestrantes de reconhecido mérito e competência dentro da especialidade”, ressalta Walter Gomes, cirurgião cardíaco e presidente do Congresso da SOCESP. O presidente da SCICVESP, o também cirurgião cardíaco Alexander Grant Anderson, reforça a necessidade de promover esta interação entre clínicos e cirurgiões. “Precisamos deixar os nossos colegas clínicos cientes do que está acontecendo na área porque trabalhamos em prol da mesma coisa: a saúde de nossos pacientes”, diz.

De acordo com Alexander Anderson, a estruturação do conteúdo cirúrgico do congresso considerou os tópicos mais relevantes da atualidade e também os de maior prevalência. “Iremos abordar, por exemplo, as opções dos cardiologistas clínicos na hora de indicar ou referenciar seus pacientes para um tratamento cirúrgico”, explica. “Entre elas, as melhores indicações para doenças valvares e próteses – incluindo qual prótese utilizar. Em relação às cirurgias de revascularização do miocárdio, quando fazer? Quais as indicações atuais? O que podemos esperar no futuro em relação às doenças da aorta?” Segundo o presidente da SCICVESP, outro procedimento cirúrgico em destaque é o transcateter (TAVI).

Na sessão internacional de cirurgia cardiovascular estarão contempladas as recentes diretrizes norte-americanas de revascularização do miocárdio, com a presença de cirurgiões convidados estrangeiros. “Será um debate interessante entre os cirurgiões brasileiros e os especialistas estrangeiros, uma vez que as recomendações sobre o tema ainda são bastante polêmicas”, pondera Walter Gomes.

O presidente do Congresso também destaca as sessões de interação promovidas entre cardiologistas clínicos e cirurgiões, com controvérsias e consensos sobre pontos de atuação conjuntos das especialidades. “Destaque para sessões do Heart Team, com cardiologistas de reconhecida experiência na área interagindo com os cirurgiões cardiovasculares.”

Serviço:

42º Congresso de Cardiologia da SOCESP

Data do evento: 16 a 18 de junho 2022

Local: Transamerica Expo Center, São Paulo/SP

Informações: http://socesp2022.socesp.org.br/

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui