Contra roubos e furtos, botão de emergência é novo aliado de clubes de tiro no Brasil

As armas de fogo movimentam um mercado cada vez mais crescente. Somente entre junho de 2021 e março deste ano, o número de clubes de tiro ativos no país aumentou 41%, saltando de 1458 para 2070. Em apenas nove meses, o Brasil ganhou 620 novas lojas para venda de armas, de acordo com dados coletados pelo Exército, responsável pela fiscalização deste comércio.

No total, são mais de 600 mil pessoas que possuem carteiras ativas para acesso a armamento no Brasil, volume considerável que ultrapassa o efetivo de PMs em ação no país, que hoje chega a 406,3 mil agentes, ou de militares em serviço, que somam 357 mil nas Forças Armadas.
Esses números mostram o crescimento deste setor, ao mesmo tempo em que despertam os olhares de quadrilhas e criminosos. Com mais armas disponíveis, tanto clubes de tiros e seus associados quanto lojas especializadas em armamento estão se tornando alvos de ações criminosas.

Entre 2018 e 2020, o patamar de armas perdidas ou roubadas está estável (entre 509 e 606 ao ano, considerando apenas casos em que houve comunicação oficial do furto ou extravio), porém, em 2021, houve um salto para quase 700 e se a média for mantida, podemos ter mais de 1.100 casos até o final de 2022.

Para inibir e até frustrar ações de roubo e furto de armas, muitos estabelecimentos estão adotando o botão portátil de emergência integrado voa App com uma central de monitoramento como alternativa de segurança. Para Henrique Ribas, Presidente do Clube de Tiro e Caça Patriotas, uma boa alternativa é o botão portátil da ztrax:

“Até o momento felizmente não aconteceu nenhum roubo ou tentativa de furto envolvendo membros fora do clube, mas a sua loja de armas já foi alvo de furto em plena madrugada por uma falha pontual da empresa de segurança. O medo ainda assusta todos os possuidores de armas, pois os CACs (Colecionador, Atirador Desportivo e Caçador) não tem o porte e sim apenas a posse da arma, tendo em vista que as armas precisam ficar guardadas em cofres ou em locais seguros. Sendo assim, ao chegar em casa, qualquer bandido, marginal, com qualquer objeto pontiagudo pode infelizmente realizar o roubo das armas”.

Botão de emergência traz mais segurança
Para Henrique, a parceria do Clube de Tiro com a ztrax deixará os associados mais tranquilos: “Hoje falta um botão de emergência portátil em todas as casas, vinculado a uma empresa de monitoramento ou que pessoas de confiança recebam esse alerta. Mesmo armado, ou com armas em casa, estamos à mercê de roubos e esse botão pode diminuir o tempo de reação da polícia ou equipe de pronta resposta contra os marginais, garantindo mais chance de recuperar e sair vivo de uma situação”.

Diferencial Competitivo
Marcelo Lonzetti, diretor comercial da empresa da ztrax, explica que a tecnologia passou a ser um diferencial importante para lojas de armas e clubes de tiros de diversos estados da região do país, seja para quem é associado aos clubes ou para os que desejam comprar uma arma nova.

Ao ser acionado, o botão que é portátil emite um alerta de que algo está acontecendo direto para a empresa de segurança contratada, de maneira silenciosa: “O botão da ztrax tornou-se um grande atrativo para novos associados e para quem adquire uma arma de fogo. Com o botão em mãos, é possível baixar o aplicativo gratuito que enviará o sinal para ser monitorado em casos de roubo do armamento” completa Marcelo.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui