HOME + Mais Gente Green Legal Tech Vankka marca presença na COP-28

Green Legal Tech Vankka marca presença na COP-28

A empresa participa da Conferência das Partes, que acontece de 30 de novembro a 12 de dezembro em Dubai

 A Conferência das Partes (COP-28), também conhecida como Conferência do Clima, é um evento fundamental na agenda global, reunindo líderes, especialistas e organizações em um esforço unificado para discutir temas relacionados às mudanças climáticas. Em 2023, a COP-28, que esse ano acontece entre 30 de novembro e 12 de dezembro em Dubai, sob o lema Unite.Act.Deliver (Unir, Atuar, Entregar resultados), será um marco na agenda climática mundial desta década, já que apresentará o primeiro balanço global dos progressos mundiais em direção às metas do Acordo de Paris, adotado em 2015 na COP21.

Para o advogado Alessandro Panasolo e para o geólogo Maurício Kruger, ambos sócios da Green Legal Tech Vankka, a COP desempenha um papel importante na definição de estratégias e compromissos globais para enfrentar os desafios ambientais que são urgentes, sendo importante que empresas brasileiras participem desse momento. “É fundamental que empresas de todo o Brasil estejam atentas ao evento e, se possível, marquem presença, participando ativamente das discussões e contribuindo com soluções inovadoras. A presença dessas empresas é uma forma de garantir que as perspectivas e desafios específicos do Brasil sejam considerados nas estratégias das corporações e na busca por soluções globais, que impactam toda a sociedade”, conta Alessandro, que participa pela quarta vez do evento. 

Nesse contexto, os sócios da Vankka participam do evento, reforçando o compromisso da empresa com a promoção de soluções sustentáveis para o agronegócio brasileiro. “Participar da COP-28 é fundamental para nós, uma prioridade na nossa agenda, uma vez que a Vankka tem o propósito de estimular a descarbonização no agronegócio brasileiro e o evento sempre nos traz insights e informações importantes sobre as práticas necessárias nesse setor. Esse ano o evento ganha uma proporção ainda maior já que prevê oferecer um primeiro diagnóstico global sobre as metas estabelecidas há sete anos, no Acordo de Paris”, explica Alessandro.

Kruger conta que esse primeiro diagnóstico deve mostrar que ainda estamos longe de atingir as metas de não ultrapassar um grau e meio de aumento na temperatura global até o final do século, porém deverá ajudar a alinhar os esforços e incluir recomendações sobre as medidas que devem ser implementadas a fim de impedir o progresso da ação climática. “Segundo o Acordo de Paris, em 2030, as emissões de gases de efeito estufa devem ser reduzidas em 43%, em relação aos níveis de 2019, algo que ainda estamos longe de atingir. Por isso a COP-28 é tão importante, pois é um momento que deve redirecionar o curso das ações globais para um maior fomento de ações efetivas contra o aquecimento global. O resultado das discussões deste ano deve ajudar os países a atualizar os seus compromissos climáticos, revisando as suas metas para um cenário mais positivo”, explica o geólogo. 

Agenda Vankka na COP-28

Durante a COP-28, Alessandro e Maurício terão uma agenda intensa, participando ativamente de diversos eventos, ao longo dos 13 dias de evento. “Nosso compromisso é participar ativamente das discussões e absorver o máximo de informações para melhorarmos a nossa atuação como empresa de soluções de neutralização climática. Estamos comprometidos com um futuro sustentável e tal vivência será traduzida em estratégias jurídicas resilientes e alinhadas às mais recentes exigências mundiais, consolidando, assim, a posição de nossa empresa frente aos nossos clientes e parceiros”, reforça Alessandro.

Sobre os sócios da Vankka que participam da COP-28

Alessandro Panasolo é advogado, mestre e doutor em Engenharia Florestal, é especialista em Direito Ambiental, Florestal e Regulatório, com atuação desde o contencioso ambiental até a mediação de conflitos empresariais, com foco em compliance ambiental, processos de licenciamento ambiental e consultoria em carbono. 

Mauricio Kruger é geólogo com mestrado e doutorado em Meio Ambiente, é um consultor experiente em processos ambientais relacionados à aquisição e fusão de empresas, investigação e remediação de passivos ambientais, além de ser especialista em geofísica ambiental e geotécnica.

Sobre a Vankka

Fundada em 2023 pelos sócios Clarissa M. de Souza, Camila F. Balbinot, Alessandro Panasolo e Mauricio Kruger, a Vankka é uma Green Legal Tech que combina ciência, computação e inteligência artificial para criar soluções transparentes e confiáveis de neutralização climática, protegendo ativos, investimentos e pessoas.

SEM COMENTÁRIOS

Sair da versão mobile