HOME Destaques do Editor De madeireira familiar à maior planta de MDF das Américas: Guararapes celebra...

De madeireira familiar à maior planta de MDF das Américas: Guararapes celebra 40 anos

Empresa está na segunda geração da família, segue sua trajetória de crescimento e dá exemplo de responsabilidade social e ambiental

Uma das maiores indústrias de painéis de MDF e compensados do Brasil, a Guararapes, completa 40 anos em fevereiro. A empresa, que começou como uma pequena madeireira, construiu uma história de sucesso e chega a 2024 com a maior planta de MDF das Américas, com a capacidade de produção de 1,140 milhão m³/ano.

 

“Construímos uma história muito bonita, de muito trabalho e várias conquistas. Hoje, posso falar que estamos posicionados entre as principais empresas do setor, tanto de MDF quanto de compensados. Isso tudo graças a muito trabalho e dedicação de toda a equipe. Que venham os próximos 40 anos da Guararapes”, celebra Ricardo Pedroso, CEO da companhia.

A empresa possui três complexos fabris. A unidade de Caçador (SC) produz MDF, já as de Palmas (PR) e Santa Cecília (SC), fabricam compensados e têm capacidade anual de produção de 380 mil m³. A Guararapes também tem escritório e centros de distribuição nos Estados Unidos e seus produtos estão presentes em mais de 50 países. A empresa conta hoje com mais de dois mil colaboradores.

“É um momento muito importante para nós. Nesses 40 anos, temos muitas histórias, mas as importantes são as que vivemos diariamente. Cada pessoa tem um papel essencial na Guararapes, todas fazem algo diferente para que a trajetória da continue”, comenta Diorgenes Bertolin, diretor Industrial da companhia.

Legado familiar

“Estamos completando 40 anos de história e de uma maneira muito especial, e eu gostaria de compartilhar esse momento com todos os colaboradores, que sempre estiveram unidos à empresa. Sou grato a cada um que fez e faz parte dessa história”, diz o fundador e Presidente do Conselho, João Carlos Pedroso.

A Guararapes foi fundada em fevereiro de 1984 pelos amigos e sócios João Carlos Pedroso e Walderez Bertolin, no município de Quilombo (SC), como uma pequena madeireira e produção de 150 m³/mês. Seu legado foi passado de pais para filhos, que mantiveram firme o compromisso em conciliar os negócios, o equilíbrio sustentável dos recursos naturais e o cuidado com as comunidades onde a indústria atua.

Em 1986, a sede foi transferida para Palmas (PR) e iniciou-se a produção de painéis de madeira compensada para exportação. A busca pela excelência impulsionou o crescimento da empresa, levando à inauguração de uma nova fábrica de compensados em Santa Cecília (SC), em 2002.

Mais um passo importante foi dado com a inauguração de uma fábrica de MDF em Caçador (SC), em 2009. Com foco no mercado interno, portfólio de produtos inovadores e estratégia de marketing, a empresa cresceu rapidamente e, em 2016, a capacidade produtiva anual passou de  200.000 m³ para 600.000 m³.

O ano de 2023 foi um marco para a companhia, que inaugurou uma nova operação industrial, altamente sustentável, no complexo de Caçador (SC). Com isso, a Guararapes ampliou a sua a capacidade de produção em 90%, para 1,140 milhão m³/ano, passando a  ter a maior planta das Américas no segmento.

Fotos: 4K Produções

Responsabilidade ambiental, social e governança

Desde 1992, o reflorestamento faz parte do processo produtivo da companhia, que possui certificações como o selo FSC® – Forest Stewardship Council® (Conselho de Manejo Florestal) código de licença FSC-C041303, que destaca seu compromisso com um manejo florestal ambientalmente adequado, socialmente benéfico e economicamente viável. Dessa forma, a Guararapes atesta a origem certificada da matéria-prima, toras de pinus, utilizadas nas linhas de produção.

As fábricas operam em sinergia, os resíduos da madeira utilizada na fabricação do compensado tornam-se matéria-prima na produção do MDF, dessa forma o aproveitamento do material é total. Em 2022, foi realizado o mapeamento do processo de cada unidade, com vistas à futura certificação ISO 45001.

Em 2023, a Guararapes divulgou o Relatório ESG 2022, seguindo as normas internacionais GRI (Global Reporting Initiative), que descreve as ações já praticadas de acordo com o plano ESG (Environmental, Social and Governance).

A empresa se destaca pelo contínuo investimento em práticas de governança corporativa, firmando o seu compromisso em conduzir a operação de forma transparente e íntegra. A Guararapes atua fortemente nas comunidades do entorno de suas unidades operacionais, onde desenvolve iniciativas voluntárias voltadas à promoção da educação, saúde e bem-estar.

Reconhecimento e inovação

A inovação é uma das marcas da companhia, que conquistou duas vezes  o iF Design Award, a mais importante premiação do design mundial. Em 2023, ganhou a premiação com a Casa Guararapes São Paulo, showroom com conceito inédito, focado na experiência do cliente e ponto de encontro de profissionais da área de todo o Brasil. No ano anterior, foi vencedora com a criação da Linha Perspectivas, que usa a impressão digital de fotos aéreas da Floresta Amazônica e de São Paulo nos painéis de MDF.

A empresa possui outras duas unidades da Casa Guararapes, uma delas em Curitiba (PR). A outra está localizada no complexo fabril em Caçador (SC), e foi projetada com arquitetura sustentável e foco no produto e no processo produtivo da marca.

SEM COMENTÁRIOS

Sair da versão mobile