HOME Entretenimento Festival de Choro em Antonina

Festival de Choro em Antonina

clube do choro Londrina

Evento homenageia o centenário de Altamiro Carrilho e traz grandes nomes do gênero com shows e oficinas

A cidade histórica de Antonina vai receber no próximo fim de semana o Festival É no Choro que eu vou – um dos eventos mais importantes da música instrumental no Brasil – que na sua 9ª edição vai homenagear o centenário de nascimento de um dos maiores flautistas brasileiros de todos os tempos: Altamiro Carrilho. Por conta disso, a flauta e os instrumentos de sopro vão protagonizar esse encontro musical que reúne grandes nomes do choro do Paraná e convidados de outros estados. Durante três dias, de sexta (19) a domingo (21), o público vai participar de forma intensa de oficinas, rodas de choro e shows em vários pontos da cidade. As atividades são gratuitas ou com ingresso solidário (um quilo de alimento não perecível).

O show de abertura será com o regional É no Choro que eu vou convida Silvério Pontes, na sexta-feira (19), às 19 horas, no Theatro Municipal (Dr. Carlos Gomes da Costa, 266 — Centro). No palco, oito músicos de Curitiba vão dividir com o renomado trompetista carioca um repertório de clássicos do choro. Depois, às 21 horas, no Benedito Gastro & Pub (Dr. Carlos Gomes da Costa, 192) acontece uma roda gratuita com o grupo Choro A Capela (formado por ex-alunos da Filarmônica Antoninense) e como convidado especial o músico, professor, e também trompetista, Ozeias Costa.

choro caiçara

No sábado (20), a programação começa ao meio-dia com a roda de choro feminina com o Regional Roseira no Restaurante Brisa do Mar (R. Antônio Prado, 69- Centro). Depois, às 17 horas, acontece na Estação Ferroviária (Praça Carlos Cavalcante, Nº 80) a apresentação do Regional do Azevedo. Logo depois, às 19 horas, o Clube do Choro de Londrina com convidado especial Eduardo Neves (sax e flautas) faz um show no Theatro Municipal (Dr. Carlos Gomes da Costa, 266 — Centro). E na sequência, às 21 horas, o cavaquinista Julião Boêmio convida os amigos e músicos do festival para uma roda de choro na Cantina Casa Verde (Travessa Marinho de Souza, 34 — Centro).

O último dia do Festival, domingo (21), começa com o regional É no Choro que eu vou, ao meio-dia, no Restaurante Brisa do Mar (R. Antônio Prado, 69- Centro). Depois, às 13h30, o Quarteto Paraná Sax se apresenta na Baía Douro Bistrô e Café da Estação (Praça Carlos Cavalcanti – Estação Ferroviária, box 1). E para o concerto de encerramento, às 18 horas, foram programadas duas apresentações no Theatro Municipal: a primeira com os alunos do festival e, em seguida, a apresentação dos músicos de Paranaguá do grupo Choro Caiçara e convidado Everson Moraes (trombone).

Para quem vai realizar os cursos gratuitos, a programação do festival oferece de sexta-feira a domingo três oficinas de choro que serão ministradas de manhã e à tarde na Sede da Filarmônica Antoninense, instituição de caráter beneficente que se destina a promover a cultura e a tradição musical desde 1975. São elas: “Caminhos para Improvisação do Choro”, às 10 horas, com Eduardo Neves, “Interpretação no Choro”, às 10 horas, com Silvério Pontes, e “O Choro na Banda de Música”, às 14 horas, com Everson Moraes.

O Festival “É no Choro que Eu Vou” surgiu no ano de 2015, com objetivo de divulgar o choro, Patrimônio Cultural do Brasil, por iniciativa dos músicos curitibanos Clayton Rodrigues, Jonas Lopes, João Luis Rodrigues, Marcela Zanette e do designer gráfico Renato Próspero. Em 2024 o Festival, que está em sua nona edição, vai acontecer no formato itinerante e segue de Curitiba para as cidades de Antonina, de 19 a 21 de abril, e Morretes, entre 26 e 28 de abril. O evento foi contemplado pelo Edital do PROFICE, Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura do Paraná, com incentivo da Copel e da Roto Fermax.

Serviço:

É no Choro que eu vou – Antonina

PROGRAMAÇÃO SEXTA-FEIRA 19/04

19h Show Regional É no choro que eu vou convida Silvério Pontes (trompete)

Músicos: Clayton Rodrigues (sax tenor, flauta), João Luis Rodrigues (pandeiro), Jonas Lopes (bandolim), Lucas Miranda (cavaquinho), Lucas Melo (violão de 7 cordas), e Luis Rolim (percussão), Marcela Zanette (flautas) e Rodrigo Milek (clarinete)

Local: Theatro Municipal – Rua Dr. Carlos Gomes da Costa, 266 – Centro

Entrada: 1kg de alimento não perecível

21h Choro à Capela convida Ozéias Costa (trompete)

Músicos: Denise Faria (pandeiro),Gabriel Salgado (saxofone), Laercio Santos (violão de 7 cordas), Paulo Bueno (cavaquinho)

Local: O Benedito(Dr. Carlos Gomes da Costa, 192 – Centro)

Entrada: gratuita

SÁBADO 20/04

12h Roda de Choro com Regional Roseira

Musicistas: Beatriz Schneider (violão), Dayane Naeser (saxofone), Gisele Fontoura (cavaquinho), Sílvia Rolim (flauta transversal), Thatá Medeiros (pandeiro)

Local: Restaurante Brisa do Mar – Rua Antônio Prado, 69- Centro

Entrada: Gratuita

17h Regional do Azevedo

Músicos: Lucas Melo (violão de 7 cordas), Lucas Miranda (cavaquinho) e Mateus Azevedo (pandeiro)

Local: Estação Ferroviária de Antonina – Praça Carlos Cavalcante, nº 80- Centro

Entrada: Gratuita

19h Show Clube do Choro de Londrina convida Eduardo Neves (sax e flautas)

Músicos: Lucas Fiuza (bandolim/cavaquinho), Nycolas Horn (pandeiro)

Cilas Rocha (acordeon) e Osório Perez (violão de 7 cordas)

Local: Theatro Municipal -Dr. Carlos Gomes da Costa, 266 – Centro

Entrada: 1kg de alimento não perecível

21h Roda de Choro com Julião Boêmio (cavaquinho) e convidados

Local: Cantina Casa Verde -Travessa Marinho de Souza, 34 – Centro

Entrada: Gratuita

DOMINGO 21/04

12h Roda de Choro com o Regional É NO CHORO QUE EU VOU

Local: Restaurante Brisa do Mar

Endereço: R. Antônio Prado, 69- Centro

Entrada: Gratuita

13h30 Quarteto Paraná Sax

Músicos: Aloisio de Pádua – Saxofone Barítono, Guilherme Fiore – Saxofone Alto, Dayane Naeser – Saxofone Tenor, Leandro Machado – Saxofone Soprano

Local: Baía Douro Bistrô e Café da Estação Praça Carlos Cavalcanti – Estação Ferroviária, box 1

Entrada: Gratuita

18h Apresentação dos alunos do Festival

19h Show Choro Caiçara e Everson Moraes (trombone)

Músicos: Rafael Palotino (cavaquinho), Renan Mattar Leister (violão 7 cordas), Jairo Fernandes (Clarinete e Saxofone) e André Marques (pandeiro)

Local: Theatro Municipal – Rua Dr. Carlos Gomes da Costa, 266 – Centro

Entrada: 1kg de alimento não perecível

OFICINAS:

Dias 19, 20 e 21 na Sede da Filarmônica Antoninense – Rua Dr. Bruno 119 – Centro

Inscrição: 1kg de alimento não perecível

10h Oficina Caminhos para Improvisação do Choro

Ministrante Eduardo Neves

10h Oficina Interpretação no Choro

Ministrante Silvério Pontes

14h Oficina O Choro na Banda de Música

Ministrante Everson Moraes

SEM COMENTÁRIOS

Sair da versão mobile