9 razões para manter produtos lácteos na dieta

Você sabia que, ao retirar leite e derivados da dieta, é preciso ter um controle muito maior da alimentação para suprir vitaminas e proteínas que os lácteos facilmente oferecem?
A nutricionista Beatriz Botéquio apresenta o que o leite representa se comparado com demais alimentos:
Nutriente
% Valor Diário (VD) alcançado com o consumo de três porções de 200ml de leite desnatado
Quantidade de outro alimento para alcançar a mesma quantidade
Cálcio
90% VD
30 xícaras de chá de espinafre cru
Vitamina D
86% VD
42,5g de salmão em lata
Vitamina A
30% VD
6 unidades de ovos cozidos
Vitamina B12
61% VD
1 lata de atum (128g)
Riboflavina
79% VD
1 xícara de chá de amêndoas
Potássio
33% VD
3 unidades de banana
Magnésio
20% VD
½ xícara de chá de soja cozida
Fósforo
74% VD
3 ¼ xícaras de chá de feijão cozido
Proteínas
50% VD
½ unidade de peito de frango grelhado
A Organização Mundial da Saúde e a Pirâmide Alimentar adaptada à população brasileira orientam o consumo de 3 porções de lácteos por dia. Um copo de 200 ml representa uma porção de lácteos.
O leite e seus derivados são alimentos versáteis, saudáveis e nutritivos que combinam com o café da manhã, com lanches em diferentes momentos e até como parte de receitas em refeições principais. Experimente acrescentar leite às sopas, purês, cremes, bolos e às massas de tortas! Além de incrementar a receita com nutrientes, ela também fica deliciosa e mais cremosa.
A melhor notícia é que isso vale também para aqueles que estão buscando perder peso, uma vez que, ao contrário do que muitas pessoas acreditam, não existe relação entre consumir lactose e engordar. Apesar de ser um açúcar naturalmente presente no leite, a lactose aparece em pequenas quantidades, algo em torno de 5g/100g de produto, o que não é suficiente para gerar um aumento de peso corporal.
<carolina.rossettini@mslgroup.com>

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.