Esalqueanos participam de torneios de Rugby

O esporte de origem britânica que vem ganhando espaço e conquistando o público nos campos brasileiros, também está presente, desde 1976, na Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (USP/ESALQ). Com muita intensidade e velocidade, nos jogos de rugby a regra é realizar apenas passes com as mãos e o objetivo é efetuar a maior pontuação para vencer a jogada.
Estão integrados à equipe os estudantes da universidade e pessoas que se interessam pelo esporte, mesmo não possuindo vínculo com a instituição. Hoje, com cerca de 50 jogadores, o rugby esalqueano possui três modalidades: masculino, feminino e infantil. Os participantes treinam semanalmente e estão sempre envolvidos em competições e festivais.
Com o objetivo de promover, por meio do rugby, os desenvolvimentos cognitivos, físicos e sociais da comunidade piracicabana, integrantes da equipe decidiram expandir o esporte e, desde 2013, estão focados em ações de integração entre a ESALQ e outras instituições. “Esse esporte estimula o trabalho em equipe, o respeito e a união, além de formar fortes vínculos de amizade”, comentou Renan Venancio, estudante e jogador do time masculino.
Nessa integração com outras instituições, a equipe está envolvida com escolas de Piracicaba e levam conhecimento sobre o rugby aos alunos de ensino fundamental e ensino médio. Com esse contato, os jovens aprendem as regras básicas do esporte e treinam algumas jogadas. Na instituição Ágape, os atletas ensinam manuseios de bola e como realizar um passe. “São coisas simples, mas que já tem mostrado efeito positivo na coordenação motora de algumas pessoas” ressaltou Venancio.
A equipe, que está envolvida nos principais campeonatos universitários e paulistas disputará no próximo domingo, 4 de outubro, a 3ª etapa da Copa Vale, em São José dos Campos (SP). Entre as dez equipes competidoras, o time esalqueano já está em terceiro lugar na colocação desse torneio.
“O rugby é um jogo de alto contato onde os jogadores precisam ter uma forma física excelente, o que proporciona benefícios para a saúde. Esse esporte proporciona um espírito de irmandade e respeito que se cria entre os jogadores de rugby, não somente dentro de uma mesma equipe, mas também entre jogadores de outras equipes”, concluiu Miguel Cooper, que além de treinar algumas das equipes e ser jogador, também é professor do Departamento de Ciência do Solo da ESALQ.
Para integrar a equipe basta comparecer regularmente aos treinos, que ocorre todas as terças e quintas feiras, das 18:30 às 20:30 e aos sábados das 13:30 às 16:00, no campão da atlética, no Campus Luiz de Queiroz.
Ana Carolina BrunelliEstagiária de Jornalismo
comunica-esalq@usp.br
comunica-esalq@usp.br

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.