Brasileiras dedicam mais de 5 horas semanais a cuidados com a aparência, diz estudo da GfK

Uma pesquisa global da GfK revelou que as mulheres brasileiras dedicam em média 5,3 horas semanais a cuidados pessoais como banho, depilação, roupas, cabelo, maquiagem.   Entre os homens brasileiros, estas atividades e também o barbear-se, consomem 3,5 horas por semana. Os resultados nacionais ficam acima da média dos 22 países pesquisados, que é de 4 horas semanais, sendo 3,2 horas entre os homens e 4,9 horas entre as mulheres.

A pesquisa que envolveu 27.000 entrevistas demonstrou que os italianos são os que mais dedicam tempo aos cuidados pessoais.  Naquele país, a média semanal é de 5,5 horas, sendo que entre as mulheres, chega a 6,2 horas. No outro extremo da escala, os países asiáticos são aqueles em que os cuidados pessoais menos consomem o tempo das pessoas. Na China a média semanal é de 2,9 horas, na Coréia do Sul, de 3,3 horas por semana e no Japão, 3,6 horas.

image008

A pesquisa também pediu aos entrevistados que apontassem as razões pelas quais desejam ter uma boa aparência.  Sentir-se bem consigo mesmos, foi a principal razão, apontada por 60% dos entrevistados. Causar uma boa impressão ao conhecer pessoas (44%) foi o segundo motivo principal e dar um bom exemplo para os filhos, o terceiro (40%).

 RZ_GFK_15080_Infographic_Reasons_for_trying _to_look_good_RGB_trad_print (1)

Motivações mudam com a idade

Todas as faixas etárias concordam que se sentir bem consigo mesmo é a principal motivação para cuidar da aparência.  Na faixa abaixo de 30 anos, causar uma boa impressão no primeiro contato e impressionar o sexo oposto ou pessoas que consideram atraentes ficam em 2º e 3º lugares como as principais razões para cuidar da aparência. Acima dos 30 anos, dar um bom exemplo aos filhos é a 2ª motivação mais citada. Entre pessoas com mais de 50 anos, agradar seu cônjuge ou parceiro é a 3ª razão mais citada.

Sobre o estudo

A GfK realizou uma pesquisa online com mais de 27.000 consumidores com 15 anos ou mais, em 22 países. Dados online foram coletados por meio de um campo escalonado concluído em junho de 2015 e ponderado para refletir a composição demográfica da população online acima de 15 anos em cada mercado. Os países incluídos são Argentina, Austrália, Bélgica, Brasil, Canadá, China, República Checa, França, Alemanha, Hong Kong, Itália, Japão, México, Holanda, Polônia, Rússia, Coréia do Sul, Espanha, Suécia, Turquia, Reino Unido e EUA.

A pesquisa perguntou: “Aqui estão as razões que algumas pessoas deram para cuidarem da aparência. Para cada uma, por favor, indique se é uma das principais razões para você cuidar da sua aparência: Para se sentir bem consigo mesmo(a) / Porque é importante para a minha carreira / Porque é o que se espera de mim / Para ser admirado(a) e respeitado(a) por outras pessoas / Para agradar meu cônjuge ou companheiro(a) / Para causar uma boa impressão nas pessoas que eu conheço pela primeira vez / Para expressar minha individualidade / Para dar um bom exemplo para os meus filhos / Para causar uma boa impressão nas pessoas do sexo oposto ou em pessoas que acho atraentes / Porque isso me faz sentir que tenho o controle

Sobre a GfK

A GfK é uma fonte confiável de informações relevantes sobre os mercados e consumidores, permitindo que seus clientes tomem decisões mais inteligentes. Mais de 13.000 especialistas em pesquisa de mercado combinam a paixão pelo que fazem com uma longa e vasta experiência em ciência de dados. Isso permite que a GfK forneça insights globais, combinados à inteligência de mercado local, em mais de 100 países. Através de tecnologias inovadoras e ciências de dados, a GfK transforma o big data em dados inteligentes, possibilitando que seus clientes alavanquem a sua vantagem competitiva e enriqueçam as experiências e escolhas dos consumidores.

Para mais informações, acesse www.gfk.com/br ou siga a GfK no Twitter: https://twitter.com/GfK

<hilda.c.aquino@gmail.com>

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.