Vale Fértil é a nova patrocinadora do Novo Futsal São José dos Pinhais para a temporada de 2016

O Novo Futsal São José dos Pinhais, enquanto dentro de quadra segue se preparando intensamente para a disputa da Série Prata do Campeonato Paranaense de Futsal, fora dela,a diretoria segue trabalhando para conseguir novos apoiadores para a temporada de 2016. A Vale Fértil, empresa de São José dos Pinhais, será mais uma patrocinadora do time são-joseense para este ano e o acordo foi fechado na sede da empresa na tarde desta sexta-feira, dia 4.
A Vale Fértil, tradicionalmente conhecida por apoiar o futsal, vem mais um ano contribuir com a Associação dos Amigos do Futsal (AAF), que em 2016 está gerindo o futsal de São José dos Pinhais. O supervisor da equipe são-joseense, Luiz Henrique, ressaltou a importância de ter mais uma vez a Vale Fértil ao lado da AAF e que, segundo ele, prova também a credibilidade do projeto do Novo Futsal São José dos Pinhais.
“Para nós, o apoio da Vale Fértil é fundamental para o seguimento do nosso projeto. É uma empresa que sempre esteve com a nossa associação e que agora prova também a credibilidade do Novo Futsal São José dos Pinhais. É uma empresa de São José dos Pinhais e tenho certeza que será, por mais um ano, uma parceria de muito sucesso para os dois lados”, apontou o dirigente.
A Vale Fértil terá a sua marca estampada na camisa do Novo Futsal São José dos Pinhais e no ginásio onde a equipe do município for mandar seus jogos na disputa da Série Prata do Campeonato Paranaense de Futsal. “É um peso a mais na nossa camisa, que já tem grandes empresas da Grande Curitiba nos apoiando. Em breve teremos mais boas novidades com relação a patrocinadores”, finalizou Henrique.

Sobre a Vale Fértil
A história da Vale Fértil se inicia em 1947 com a emigração dos membros da família da região de Andaluzia, Espanha para o Vale de Arauco na Argentina. Neste local, encontraram condições climáticas e solo favoráveis para a produção de azeitonas, iniciando assim um cultivo agrícola e industrial pioneiros. As azeitonas colhidas e processadas na Argentina eram vendidas para importadores brasileiros, porém, nesta época, havia uma grande exploração com o preço do fruto, não permitindo um desenvolvimento comercial maior. Foi então que a família Nucete decidiu instalar no Brasil uma empresa para vender azeitonas e outros produtos com marca própria. Assim foi fundada a Vale Fértil Indústrias Alimentícias Ltda, em 1991, na cidade de São José dos Pinhais, Paraná, a fim de abastecer o mercado brasileiro com produtos de alta qualidade.
A Vale Fértil oferece produtos com qualidade equiparada aos padrões mundiais e possui versatilidade para atender às diversas demandas do mercado. Além das azeitonas verdes, pretas, sem caroço, fatiadas e recheadas – produtos carro-chefe – a empresa também possui azeites, conservas, molhos, frutas em calda e uvas passas em seu portfólio.
Presente nas principais grandes redes de varejo, atacados e distribuidores, os produtos são vendidos para todo o território nacional por meio de uma equipe com mais de 80 representantes. Como estratégia para diminuir o custo do produto final e aumentar a penetração no mercado de classes mais populares, a empresa investiu em pesquisa de novas embalagens, tendo sido a primeira no Brasil a utilizar as embalagens plásticas para azeitonas (saches). Além disso, foi a primeira a lançar no mercado as azeitonas light, azeitonas em vidro de 360g, azeite de oliva extra-virgem em saches de 13ml e a utilizar rótulos adesivos para vidros.
O empreendedorismo da Vale Fértil também se justifica pelos constantes investimentos em equipes treinadas e especializadas, além de laboratórios e parques fabris de alta tecnologia, que utilizam equipamentos e know-how importados de países como Argentina e Espanha. Todas as azeitonas in natura compradas pela Vale Fértil são processadas em uma fábrica localizada em Mendoza, e depois de percorrerem 2.700km e sao envasadas na indústria de São José dos Pinhais. <assessoriasjpfutsal@gmail.com>
9aca08ae-7373-4a13-b3d9-6371ccfb6a9c

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.