Paciência do motorista é engrenagem essencial para estradas mais seguras

Ainda que já sejam bem difundidos os efeitos de associar a pressa à direção, muitos usuários persistem na conduta inapropriada. O comportamento se multiplica em feriados prolongados, quando aumenta a ânsia por chegar ao destino para aproveitar os momentos de relaxamento junto à família ou amigos. Este é o caso do feriado de Tiradentes deste ano, comemorado na próxima quinta-feira (21).

De acordo com o diretor da Perkons, Luiz Gustavo Campos, o aumento da velocidade agrava acidentes em uma proporção desconhecida pela maioria das pessoas. “A 32km/h a distância de frenagem é de 12 metros, já a 112km/h a distância aumenta para 96 metros, ou seja, um quarteirão inteiro”, relaciona.

Dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF) referentes às operações organizadas para Semana Santa/Tiradentes de 2014 apontam que, somada à ultrapassagem mal realizada, a velocidade excessiva está entre as infrações que mais contribuem para colisão frontal, que representa 3% dos acidentes, responsáveis por 32% das mortes nas rodovias federais. (beatriz@excom.com.br)

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.