CAA-PR promove campanha de prevenção ao câncer de pele

Campanha Dezembro Laranja incentivou advogados a se prevenirem contra o tipo de câncer mais comum no Brasil

Advogados efetuaram gratuitamente avaliação dermatológica gratuita e dar dicas sobre os cuidados com a pele aos advogados regularmente inscritos na OAB Paraná

O câncer de pele é o mais frequente no Brasil, correspondendo a 30% de todos os tumores malignos registrados no país. Segundo estimativas do Instituto Nacional de Câncer – INCA, são mais de 175 mil novos casos por ano, com cerca de 1,7 mil casos de morte. A doença apresenta altos percentuais de cura, se for detectada precocemente.

Pensando nisso, a Caixa de Assistência dos Advogados do Paraná (CAA-PR) promoveu a campanha Dezembro Laranja, disponibilizando um médico para efetuar avaliação dermatológica gratuita e dar dicas sobre os cuidados com a pele aos advogados regularmente inscritos na OAB Paraná. Cerca de 40 advogados aderiram à campanha realizada nos dias 14 e 15 de dezembro, no Edifício Maringá em Curitiba.

“Ao longo deste ano, realizamos diversas campanhas nesta que é a principal área de atuação da Caixa de Assistência, cuidar da saúde do advogado. A campanha Dezembro Laranja serviu para chamar a atenção dos profissionais da classe e incentivá-los a se prevenirem contra o tipo de câncer mais comum no país”, afirmou a vice-presidente Daniela Ballão Ernlund.

O câncer de pele é definido pelo crescimento anormal e descontrolado das células que compõem a pele. É mais comum em pessoas de pele clara com mais de 40 anos, sendo relativamente raro em crianças e negros, com exceção de portadores de doenças cutâneas prévias. Os tumores de pele estão relacionados a alguns fatores de risco, como exposições ao sol, a agentes químicos e a radiação ionizante.

O autoexame é um método simples para detectar precocemente o câncer de pele:

Como fazer
– Em frente a um espelho, com os braços levantados, examine seu corpo de frente, de costas e os lados direito e esquerdo
– Dobre os cotovelos e observe cuidadosamente as mãos, antebraços, braços e axilas
– Examine as partes da frente, detrás e dos lados das pernas além da região genital
– Sentado, examine atentamente a planta e o peito dos pés, assim como os entre os dedos
– Com o auxílio de um espelho de mão e de uma escova ou secador, examine o couro cabeludo, pescoço e orelhas
– Finalmente, ainda com auxílio do espelho de mão, examine as costas e as nádegas

O que procurar
– Manchas pruriginosas (que coçam), descamativas ou que sangram
– Sinais ou pintas que mudam de tamanho, forma ou cor
– Feridas que não cicatrizam em 4 semanas

Deve-se ter em mente a transformação de uma pinta em melanoma, como descrito abaixo:
– Assimetria – uma metade diferente da outra
– Bordas irregulares – contorno mal definido
– Cor variável – várias cores numa mesma lesão: preta, castanho, branca, avermelhada ou azul
– Diâmetro – maior que 6 mm

Caso encontre qualquer diferença ou alteração, procure orientação médica.

Advogados fizeram gratuitamente avaliação dermatológica e receberam dicas sobre os cuidados com a pele

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.