Instituto Adama promove dia de debate e conscientização sobre bullying

A escolha de 7 de abril como Dia Nacional do Combate ao Bullying e à Violência nas Escolas não é à toa. Foi nesse dia que ocorreu a chacina conhecida como massacre do Realengo, em uma escola no Rio de Janeiro, em 2011, e que motivou a criação da homenagem em memória às vítimas.

Para promover o debate e a conscientização de seus alunos acerca do tema, o Instituto Adama, braço social da empresa global de agroquímicos Adama, promove hoje o “Dia Diferente”.  De forma lúdica e divertida, a proposta da ação é que crianças e adolescentes atendidos pela instituição criem personagens, invertam papéis, utilizem adereços e façam mudanças em seus estereótipos para a abordagem de assuntos como a intolerância e o respeito às diferenças.

“Bullying é um tema grave e atual. É preciso conscientizarmos nossas crianças e adolescentes para que eles aprendam a respeitar a diversidade e ter mais empatia com o próximo. Para isso, criamos algumas atividades que abordam o assunto, como a oficina de teatro ‘O Clown’, que trabalha o ‘rir do outro’ e as consequências disso”, explica Denise Caldeirão, coordenadora do Instituto.

Além do teatro, os alunos terão atividades como jogos e formação preventiva sobre a temática, todas desenvolvidas e acompanhadas por educadores de teatro, pedagogia, psicologia e serviço social da instituição.

 

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Talvez você se interesse por estes artigos

Considerados como membros da família, os pets têm ocupado um espaço cada vez maior nas casas, com mais proximidade e compartilhamento de tempo. A mudança...
Neste Novembro Azul, a Sociedade Brasileira de Mastologia alerta que os homens também podem ser acometidos pelo câncer de mama. Apesar de a doença atingir,...
Fechar Menu