Últimas

Via Varejo lança 3º Relatório de Sustentabilidade

A Via Varejo lança nesse mês de maio o Relatório de Sustentabilidade de 2016. No documento, que está em sua terceira edição, a empresa traz os principais destaques do ano, como as capturas de sinergias após a integração com o e-commerce, resultados de projetos de sustentabilidade e da Fundação Via Varejo. Confira no link o relatório completo e abaixo os principais destaques do documento: http://ri.viavarejo.com.br/

Integração Cnova

No dia 27 de outubro de 2016, a Via Varejo obteve a aprovação da proposta de integração da Cnova Brasil à sua operação.

A agilidade empreendida nesse processo de incorporação resultou na criação da unidade de negócios On-line da Via Varejo, que recebeu em sua equipe o time de cerca de 2.200 colaboradores da Cnova Brasil.

A reorganização permitiu a unificação da gestão comercial e a combinação dos negócios do e-commerce e lojas físicas – o que trouxe à Via Varejo maior competitividade e um posicionamento estratégico melhor em longo prazo, alinhado aos potenciais da multicanalidade.

Os ganhos de eficiência operacional resultaram em uma redução de custos da ordem de R$ 245 milhões. No total, as otimizações quantificadas estimadas chegam a R$ 570 milhões, decorrentes de sinergias logísticas, comerciais, e de capital de giro.

Integração logística

O processo de integração logística antecedeu a formalização da integração total da Cnova Brasil à Via Varejo. Em 2016, os negócios on-line e de lojas físicas da companhia já passaram a compartilhar de uma só estrutura, composta por 14 Centros de distribuição e 12 Entrepostos em todo o Brasil e por uma frota de mais de 2.600 veículos, entre próprios e terceirizados. Além de responder por 50% da economia de R$ 245 milhões em ganhos de eficiência operacional, a operação trouxe ainda uma redução no capital de giro da ordem de R$ 325 milhões, decorrente da redução dos estoques de segurança.

A gestão unificada – com pedidos de lojas físicas e do on-line agora roteirizados em um mesmo caminhão – proporcionou diminuição do custo de frete e melhoria no prazo de entrega de produtos. Essa sinergia colocou a Via Varejo com um dia de vantagem em relação ao tempo de entrega praticado pelos concorrentes no segmento on-line. Atualmente, a Via Varejo detém a maior malha de distribuição do Brasil – posição de destaque que fortalece a logística como um dos principais ativos da Via Varejo.

MOVVE (Modelo Operacional Via Varejo de Excelência)

O MOVVE é o novo modelo de gestão de lojas da Via Varejo. A iniciativa contou com a participação direta de lideranças e colaboradores para identificar e consolidar um conjunto de melhores práticas que foi sistematizado e multiplicado, ao longo de 2016, para 100% da rede física.

No centro das mudanças promovidas, está a melhoria da experiência do cliente em loja, aliada ao aumento de produtividade, do índice de conversão de vendas, e da participação dos serviços financeiros nos resultados de vendas. Na comparação com uma loja que não havia implementado o modelo, o MOVVE registrou, na loja reformulada, um resultado de até 10 pontos percentuais acima da meta de lucro previsto.

Além de padronizar rotinas de gestão que auxiliam gerentes de lojas a identificarem oportunidades de ganhos de desempenho alinhadas ao perfil de sua unidade, o modelo compartilhou uma nova dinâmica para o atendimento, tornando o suporte ao cliente mais especializado e consultivo, com uma jornada de compra 50% mais rápida até a sua finalização. Outro destaque da iniciativa é o seu programa de sustentação, criado para assegurar a qualidade da aderência às práticas e a manutenção dos índices de desempenho, de acordo com as metas definidas. As informações do MOVVE referentes à capacitação das equipes estão reportadas na seção Colaboradores deste relatório.

Casas Bahia na Comunidade

Entre as prioridades de atuação está o Programa Casas Bahia Comunidades, que fomenta e reconhece práticas sociais de construção coletiva, economia criativa e visando o empoderamento de empreendedores sociais locais. É modelo de estratégia de cocriação social replicado para comunidades em situação de vulnerabilidade social, e que contam com a presença de lojas físicas da Via Varejo.

Iniciado em 2015 no Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro (RJ), o projeto beneficiou 7 mil crianças, jovens e adultos moradores do Complexo com o apoio a 8 organizações que realizam atividades voltadas à saúde, educação, emprego, arte, dança, esporte, música e tecnologia.

A partir dos resultados gerados, a Fundação Via Varejo ampliou o investimento na comunidade fluminense e implementou a iniciativa em três comunidades de São Paulo (SP): Heliópolis, Paraisópolis e Jardim São Luís. Em 2017, a meta é continuar o apoio nesses territórios e avançar para mais 3 territórios, ainda nesses 2 Estados.

A metodologia é baseada no mapeamento de iniciativas já existentes no entorno a fim de engajar e cocriar com os empreendedores sociais locais para uma articulação colaborativa com o objetivo comum: a diminuição das desigualdades locais a partir de soluções e atores da própria comunidade. O objetivo dessa união de forças é a criação e a gestão participativa das ações – para ampliar a dimensão, a visibilidade e o alcance de suas contribuições às pessoas que vivem nessas comunidades, e assim atrair mais apoios que viabilizem a sustentabilidade das ações.

Programa de Reciclagem – Reviva

A ampliação da abrangência do Reviva, o programa de reciclagem da Via Varejo, comprovou em 2016 os ganhos ambientais, sociais e financeiros combinados por essa iniciativa. Criada em 2008 em São Paulo, a iniciativa realiza coleta seletiva em prédios administrativos, lojas e centros de distribuições da companhia, além de fazer a logística reversa de embalagens (caixas de papelão, isopor, plástico e outros materiais descartados pelos clientes no recebimento das mercadorias) de volta para a Central de Triagem, localizada no Centro de Distribuição de Jundiaí (SP).

A decisão da Via Varejo de transferir a gestão do seu processo próprio de triagem no CD de Jundiaí para uma cooperativa parceira, a Cooper Viva Bem, consolidou em 2015 uma etapa importante da evolução dessa boa prática para um modelo de negócios inclusivo e sustentável. Nesse mesmo ano, o Reviva foi implementado em Pernambuco e Ceará. Essa expansão avançou em 2016 para os Estados do Rio de Janeiro e Bahia, somando hoje 617 filiais.

Os resultados dessa prática totalizaram, no ano passado, a triagem 8,5 mil toneladas de materiais recicláveis (caixas de papelão, isopor, plástico e outros materiais) pela CTRS de Jundiaí. Parte dos recursos obtidos com a venda desse material contribuiu diretamente para a geração da renda de 41 famílias dos cooperados da Cooper Viva Bem.

Em longo prazo, e sempre em parceria com cooperativas, a meta é que o Reviva opere em todos os pontos da Via Varejo e realize a destinação correta de todos os materiais recicláveis enviados pelas lojas Casas Bahia e Ponto Frio, prédios administrativos e centros de distribuição da Via Varejo. Esse gerenciamento considera, ainda, as embalagens oriundas da logística reversa e descartadas pelos clientes ao receberem suas mercadorias.

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*