Cigarro aumenta os riscos de doenças de pele

cigarro-5-mil-substancias-toxicasNo próximo dia 29 de agosto é o Dia Nacional de Combate ao Fumo. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), no Brasil, 200 mil mortes anuais são causadas pelo tabagismo. Estudos mostram que o cigarro possui mais de 5 mil substâncias tóxicas que causam alergias, intoxicações, impotência, doenças cardíacas e vários tipos de câncer. Segundo a dermatologista Giseli de Mattos Diosti Stein, da Neoderme, o cigarro é tido como um dos grandes inimigos da nossa saúde, em especial da pele.

Veja também:
:: Protetor solar também deve ser usado nos dias frios e nublados
:: Entrevista: Especialista dá dicas ao escolher uma clínica de estética

“O fumo leva ao envelhecimento precoce, à dificuldade de cicatrização e ao aumenta do risco de algumas doenças de pele como psoríase, dermatites e câncer de pele. Ele também acelera o aparecimento de cabelos brancos, aumenta a queda de cabelos e altera o aspecto das unhas”, explica.

Além de todos os malefícios citados anteriormente causados pelo cigarro, o fumo também provoca envelhecimento precoce, já que além de diminuir a vascularização (quantidade de oxigênio que chega à pele), diminui a produção do colágeno e aumenta a sua degradação. “O colágeno é o componente que dá sustentação e firmeza à pele, por isso a redução de sua quantidade na pele a faz ficar mais flácida, fina, com mais rugas, e com aspecto opaco, seco e amarelado”, esclarece a dermatologista.

Tratamentos para amenizar os efeitos do cigarro
Existem vários tratamentos dermatológicos que podem auxiliar a amenizar o processo de envelhecimento causado pelo cigarro. De acordo com a doutora Giseli, os peelings químicos e lasers aceleram a renovação celular, e deixam a pele com aspecto mais viçoso. Além disso, tratamentos com bioestimuladores do colágeno (como o ácido poliláctico e hidroxiapatita de cálcio) podem ajudar a recuperar a firmeza da pele. “Mas para ter uma pele mais bonita, o ideal mesmo é parar de fumar”, aconselha.

cigarro-malefícios-pele-câncerEfeitos do cigarro sobre a pele
Os efeitos do cigarro sobre o organismo e a pele são dose-dependentes, ou seja, quanto maior a quantidade e o tempo de uso, piores são os efeitos para a pele. “Se o tempo de uso for pequeno, os efeitos podem ser facilmente reversíveis. Porém, o tempo de uso prolongado leva a sinais evidentes de envelhecimento precoce que demandam muitos tratamentos para sua correção”, comenta a especialista.

Lembrando que os não fumantes sempre respondem melhor aos tratamentos de pele que os fumantes.

Fator de risco para câncer
Pacientes que fumam têm risco maior de desenvolver vários tipo de tumores internos, e alguns tipos de câncer de pele também têm seu risco aumentado, como por exemplo, os tumores de boca e da pele da região genital, que são bastante agressivos e podem inclusive levar à morte.

Amenizando os efeitos do cigarro
Para aqueles que ainda não conseguiram se livrar do cigarro, mas que querem amenizar os efeitos causados pelo fumo, a dermatologista dá algumas dicas: “O ideal para quem fuma é se proteger bastante do sol, evitando a exposição solar e usando filtro solar sempre, já que a exposição solar associada ao cigarro é extremamente danosa à pele. Hidratar a pele também ajuda a melhorar o seu aspecto”, finaliza.

Sobre Giseli de Mattos Diosti Stein
Giseli de Mattos Diosti Stein é graduada em Medicina pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), especialista em Clínica Médica pelo Hospital de Clínicas da UFPR e especialista em Dermatologia pelo Serviço de Dermatologia do Hospital de Clínicas da UFPR. Possui título de especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), é membro efetivo da SBD e membro efetivo da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD). Também é membro efetivo do Grupo Brasileiro de Melanoma (GBM) e membro efetivo do International Academy of Cosmetic Dermatology (IACD).

Sobre a Neoderme
A Neoderme é a mais nova referência nas áreas de dermatologia clínica, cirúrgica e cosmética de Curitiba. Com equipe multidisciplinar, a clínica possui estrutura moderna, espaço aconchegante e tecnologia de ponta, sempre comprometida com a ciência, ética médica e bem-estar dos pacientes.

Localizada no bairro Batel, a Neoderme conta com localização privilegiada e possui amplo horário de atendimento: de segunda a sexta, das 8h às 20h, e aos sábados, das 9h às 13h.

Serviço:
Neoderme
Endereço: Rua Carneiro Lobo, nº 468, 12º andar / Centro Empresarial Champs Elysees
Bairro: Batel / Curitiba – PR
Telefone: (41) 3077-5060
Horário de atendimento: segunda a sexta, das 8h às 20h; sábado, das 9h às 13h.
Atendimento telefônico: das 8h às 18h
Site: www.neoderme.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/neoderme/
Instagram: www.instagram.com/neoderme