Osklen | SPFW N44

A vida e a obra de Tarsila do Amaral inspiram o desfile SS18 da Osklen. A convite da família da artista – que colocou à disposição de Oskar Metsavaht e sua equipe de estilo as obras e detalhes da história da maior representante feminina da arte brasileira no sec. XX – a Osklen apresenta uma coleção cápsula em edição especial, que agrega seus elementos de estilo e traz novas formas para o trabalho puro de Tarsila, traçando um paralelo entre sua expressão de arte e o design e estilo da marca.

Artista à frente de seu tempo, Tarsila teve a capacidade de compreender, interagir e expressar ozeitgeist de um novo movimento artístico e filosófico que definiu o Modernismo brasileiro e culminou no Movimento Antropofágico. Tarsila expressou o legítimo Brazilian Soul, explorando a diversidade étnica e cultural do Brasil de uma forma pessoal e perspicazmente inserida na estética do movimento artístico modernista europeu.

Para a passarela, a história começa com a tela em canvas crua e os esboços puros da artista em lápis ou nanquim preto; ganha um bloco monocromático vermelho – inspirado no autorretrato ‘Manteau Rouge’ – e culmina em peças totalmente estampadas por obras da artista. Técnicas de moulage foram usadas para trazer as formas quadradas das telas às peças, em contraste com a pintura orgânica de Tarsila.

Quase 90 anos após a criação de Abaporu, uma de suas obras mais icônicas, a artista segue atual e conquistando novos espaços. Ainda este ano, em outubro, a brasileira ganha sua primeira exposição individual nos Estados Unidos, no Instituto de Arte de Chicago, que receberá mais de 100 de suas obras. Em fevereiro de 2018, a mostra chega a Nova York, no MoMA, quando a coleção da Osklen também será lançada para o mercado internacional.

 

Cartela de cor: Branco, cru, areia, caqui, vermelho, p&b,

Estampas: Tarsila Sketches, Esboço, Abaporu, Blues, Cidade, Rouge, Brasileiros

Matéria-prima: linho, algodão, seda e os e-fabrics – algodão reciclado e couro de pirarucu e salmão. Bolsa em madeira de reflorestamento; Bolsa em macramê feita por cooperativa.

Silhueta: Formas geométricas em técnicas de moulage e alfaiataria

Trilha sonora: Antropofagia | Brazilian Soul

Villa Lobos – Choros No. 3 “Pica-Pau”; Preludio No. 1; A Lenda do Caboclo; Floresta do Amazonas

 

Ficha técnica

DIREÇÃO CRIATIVA: OSKAR METSAVAHT

DIREÇÃO DE MODA: JULIANA SUASSUNA

FASHION MARKETING: NELSON CAMARGO

STYLING: PEDRO SALES

BELEZA: AMANDA SCHON

TRILHA: GOMUS

(Gregoire Avenel/Marcio Madeira)

(fotos: Gregoire Avenel/Marcio Madeira)