Prêmio Paraná de Literatura 2017 recebe mais de 2 mil inscrições

O vencedor de cada categoria receberá R$ 30 mil e terá sua obra publicada pelo selo Biblioteca Paraná; o resultado do concurso sai em dezembro 
A Biblioteca Pública do Paraná (BPP) divulgou o número de concorrentes ao Prêmio Paraná de Literatura 2017, que teve inscrições encerradas em 31 de agosto. No total, foram enviados 2.180 livros inéditos, divididos em três categorias: Poesia — Prêmio Helena Kolody (953 obras), Romance — Prêmio Manoel Carlos Karam (655) e Contos — Prêmio Newton Sampaio (572). A novidade deste ano foi uma reformulação no sistema de participação, que passou a ser totalmente online — o que tornou o concurso ainda mais acessível e democrático.
Autores de todos os Estados do Brasil e do Distrito Federal, além de brasileiros residentes em vários países do exterior, enviaram trabalhos. Os Estados com mais participantes são, pela ordem, São Paulo, Paraná, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. O número de inscritos indica um equilíbrio entre escritores jovens e mais velhos: 49% têm até 40 anos, enquanto 51% estão acima dessa faixa etária. Quanto ao gênero dos correntes, há um predomínio masculino — 71% de homens contra 29% de mulheres.
Para o diretor da Biblioteca Pública do Paraná, Rogério Pereira, o grande número de inscrições é uma prova da consolidação do concurso, após a realização de três edições bem-sucedidas. “A expressiva participação confirma a importância dos prêmio literários no cenário nacional. E coloca o Prêmio Paraná entre os mais relevantes concursos do país. A BPP é, com certeza, uma referência para a discussão e divulgação da literatura brasileira”, afirma.
O resultado do concurso será divulgado na primeira quinzena de dezembro. O vencedor de cada categoria receberá R$ 30 mil e terá sua obra publicada pelo selo Biblioteca Paraná, com tiragem de mil exemplares. Os premiados também receberão 100 cópias de seus livros e poderão reeditar os títulos comercialmente. As obras concorrentes serão avaliadas por uma comissão julgadora formada por um presidente e nove membros (três em cada categoria, a serem anunciados pela BPP em outubro).

Fonte: BPP