Projeto implementado pela Sonda Ativas possibilita inovação à SEIAS (Sociedade de Educação Integral e de Assistência Social)

Migração do ambiente interno corporativo para o Data Center da Sonda Ativas proporciona segurança, alta disponibilidade e escalabilidade para a empresa

A Sonda Ativas, uma das principais provedoras de serviços gerenciados de TI controlada pelos grupos Sonda, Asamar e Cemig, apresenta mais um case de parceria de sucesso na prestação dos seus serviços. A rede de ensino SEIAS (Sociedade de Educação Integral e de Assistência Social), que conta com cinco colégios católicos e três obras sociais em sete cidades em Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro, hospeda todo o seu ambiente interno corporativo no Data Center da Sonda Ativas. Graças à iniciativa, Kenner de Carvalho, Coordenador de TI da SEIAS, afirma que pode voltar a atenção de sua equipe para a busca de inovação.

De acordo com o planejamento do executivo, a parceria com a Sonda Ativas em breve deverá ser ampliada para suportar novos projetos. “Até o fim do ano, vamos transferir para o Data Center nosso portal institucional, uma nova solução que estamos desenvolvendo e até o primeiro semestre de 2018 um software de documentos digitais que estamos contratando.”

Carvalho também conta que, após a adoção de um ERP, optou por fazer a migração dos servidores, antes hospedados dentro da empresa, para um outro Data Center terceirizado devido a questões de segurança e escalabilidade. “Antes de encontrarmos a Sonda Ativas, enfrentamos algumas dificuldades com o antigo fornecedor, que teve pouco comprometimento com o SLA contratado. Havia baixa disponibilidade e capacidade dos servidores para sustentar a nossa operação”, afirma o executivo. Após boas recomendações, a SEIAS firmou o primeiro contrato de parceria com a Sonda Ativas em 2013.

Segundo Marcello Dias, Gestor de Serviços da Sonda Ativas, a primeira ação envolveu a migração de toda a operação. “Todos os processos administrativos e educacionais (internos e externos) da SEIAS estão suportados no ERP que está hospedado no Data Center da Sonda Ativas”, diz Dias. Nessa etapa, houve também uma readequação da arquitetura, com a inclusão de um cluster e o balanceamento dos servidores de aplicação. “Isso praticamente eliminou nosso problema de disponibilidade dos serviços”, destaca o Coordenador de TI da SEIAS.

Apesar da migração, até 2016, a gestão do banco de dados era de responsabilidade da SEIAS. Isso porque, de acordo com o Coordenador de TI da Sociedade, havia muitos processos burocráticos e intervenção de terceiros. A transferência de responsabilidade para a Sonda Ativas aconteceu após incidentes relacionados à perda de acesso. “As soluções oferecidas pela empresa garantem a disponibilidade dos serviços de forma plena e ininterrupta, 24 horas por dia, sete dias por semana”, completa Carvalho.