Quem emite nota fiscal não perde grandes negócios e nem oportunidades de trabalho

Você possui um negócio próprio e surge a oportunidade de concretizar uma venda para uma grande empresa, então surge um grande problema: você não tem como passar nota fiscal.  Seja uma doceira fechando uma festa de fim de ano de alguma companhia  ou uma pequena assistência técnica que pretende fechar um acordo para cuidar de toda rede de computadores, o mercado exige que você tenha nota fiscal –  é neste ponto que a profissionalização da sua empresa se faz necessária.

Um levantamento recente do SEBRAE apontou que em 2016 o Brasil atingiu a segunda maior taxa total de empreendedores de sua série histórica, com 36% da população adulta envolvida com a atividade empreendedora. Porém, de nada adianta tanto empreendedorismo se não houver um CNPJ por trás de tudo

Marcos Rodrigues, presidente do Contabfácil, ferramenta online que trata de toda a contabilidade de empresas do Simples Nacional, Profissionais Liberais e Meis,  explica que profissionais que não possuam uma empresa podem deixar de concretização de diversos tipos de negócios e serviços, uma vez que todas as empresas estão exigindo nota fiscal.

 

Existe toda uma questão questão tributária e de controle de gastos contábeis nesta exigência de nota fiscal por parte das empresas:

“Quem não tiver condições de emitir uma nota fiscal vai perder muitas oportunidades, pois as empresas utilizam este expediente como forma de controle. Só o fato de que um prestador de serviço  demonstrar que é profissional  e estar regularizado com seus documentos já passa uma impressão mais séria. O volume de negócios que não são concretizados justamente pela ausência destes documentos é bem alta”  afirma Marcos Rodrigues.                 

 

Ter empresa também ajuda a encontrar emprego

Ser Pessoa Jurídica (o famoso PJ) também está sendo requisito para muitas empresas na hora de contratar mão de obra. Com as recentes mudanças trabalhistas no Brasil, uma parte do mercado de trabalho está sendo contratada através de contratos entre empresas em detrimento da carteira de trabalho assinada – a CLT.

 

Isso significa que, por exemplo, técnicos em informática que não forem MEI ou Simples Nacional correm risco de perder vários jobs? Sim!

 

“Existe essa possibilidade da empresa contratar um terceiro para determinada função e isso é feito através de um contrato entre ambas as partes. Agora, se este profissional não tiver um CNPJ e se colocar no mercado pensando apenas em ter uma carteira assinada, muitas oportunidades de trabalho serão perdidas. Se não puder emitir uma nota fiscal, muitas empresas deixam de contratar.” alerta Marcos Rodrigues.

 

Não tem empresa ainda?

A tecnologia é uma grande aliada na hora de regularizar ou abrir uma empresa. Seja para MEI ou Simples Nacional, toda a parte burocrática da abertura de uma empresa – assim como  a sua manutenção – pode ser feita através de ferramentas de contabilidade online, agilizando a criação de novos CNPJs.

 

Marcos Rodrigues conta que diversos profissionais e empreendedores já estão se utilizando deste expediente e saindo na frente da concorrência: “É a velha história de se adaptar aos novos tempos. O mais interessante é que a Internet facilita não só esta criação de novas empresas, mas também reduz os custos mensais destes novos empreendedores. O que não pode acontecer é perder grandes oportunidades justamente por não possuir uma empresa para emitir nota fiscal.” completa o presidente do Contabfácil.

 

Sobre o Contabfácil

Localizada em São Paulo, o Contabfácil está presente em todo o território nacional levando agilidade, praticidade e economia nas questões contábeis de quem está enquadrado no Simples Nacional, de quem é médico ou microempreendedor individual. A ferramenta foi desenvolvida para desburocratizar o cotidiano contábil de quem está enquadrado nestas categorias. Acesse o Contabfácil sem custos por um mês e faça o teste. Para mais informações acesse www.contabfacil.com.br

 

Sobre a KAKOI Comunicação

A kakoi conta com equipe especializada em diferentes áreas para garantir a pluralidade dos projetos abrangendo a maior frente possível de comunicação.

 

Fonte:

KAKOI Comunicação
R. Gumercindo Mares, 119 – Vista Alegre, Curitiba – PR,

Fone:  (41) 3014-7662

www.kakoi.com.br