Bodebrown produz cerveja colaborativa na Alemanha com Stone Brewing

A cervejaria Curitibana Bodebrown vai participar de uma produção colaborativa na fábrica alemã da marca norte-americana Stone Brewing, a partir desta segunda-feira (27), em Berlim. Uma equipe de cervejeiros e colaboradores da Bodebrown, liderados por Samuel Cavalcanti, desembarcou neste final de semana para participar do trabalho.

A cerveja teve pré-venda pela internet, há três anos, quando a Stone lançou o projeto da sua primeira fábrica fora dos Estados Unidos, e viabilizou a construção com a venda antecipada de cervejas especiais que seriam criadas nesta unidade germânica. A Bodebrown foi a única cervejaria da América do Sul convidada a participar deste série, que contou com 15 convidadas de todo o mundo.

A cerveja produzida em parceria será batizada como Imperial Cacau Amburana Red Ale. Com graduação alcoólica de 11%, será apresentada em garrafas de 1,5 litro. Um lote de apenas mil garrafas será destinado ao Brasil, uma vez que a maior parte da brassagem já foi vendida pela internet.

Além da Bodebrown, foram chamadas para assinar outras parcerias colaborativas com a Stone grandes nomes internacionais como Lost Abbey, Dogfish Head, Brewdog, Avery, Baladin, The Bruery, entre outras.

Samuel e Paulo Cavalcanti da Bodebrown

“O projeto de construção da fábrica de Berlim da Stone foi um marco na cervejaria mundial, pois foi viabilizado inteiramente com a comercialização antecipada de cervejas colaborativas”, conta Samuel Cavalcanti. “Para nós da Bodebrown é uma honra fazer parte desta história. Estamos junto com algumas das melhores cervejarias do mundo, graças a qualidade e ao poder de inovação do nosso trabalho”.

Como conta o cervejeiro, ele e sua equipe vão levar ingredientes bem brasileiros para a cerveja, o cacau e madeira de amburana, muito utilizada em barricas para o envelhecimento de cachaças. “O DNA verde-amarelo será bem marcante”, promete.

No jantar de apresentação no projeto, que será realizado na terça-feira, a Bodebrown também estará presente com cinco cervejas que foram exportadas para lá pela marca curitibana – Cacau IPA, Blanche de Curitiba, Montfort Flanders Red, St. Arnould 10 Amburana e Sour Punk com Tamarindo.

Giro pela Bélgica

Depois da Alemanha, a trupe da Bodebrown segue para a Bélgica, onde irá visitar quatro fábricas de destaque, em busca de intercâmbio e possíveis parcerias futuras. São elas a Hek Anker – conhecida por sua Carolous – , Moortgat Duvel, De Koninck e La Chouffe.

Nesta viagem, Samuel Cavalcanti terá a companhia de seu irmão, Paulo Cavalcanti, fiel escudeiro na Bodebrown, e ainda um grupo de outros parceiros. Participam os cervejeiros Gustavo Passos (cervejeiro caseiro criador da curitibana Braindrain, além de neurocirurgião), Raul Schuchovsky (da Frohln Feld, também de Curitiba), Jarbas Braus (Braus Bier, de Ponta Grossa) e Jose Duarte (da cervejaria escola paraguaia The Hopps, sediada em Assunção).

A Bodebrown tem grande tradição em parcerias internacionais. Além da própria Stone, com quem produziu no Brasil a premiada Cacau IPA, já realizou parcerias com a italiana Doppio Malto e as britânicas Adnams e Marston´s, entre outras.

Saiba mais sobre o evento na Alemanha neste link: fb.com/events/1570356426377743??ti=ia