Nutricionista de atletas de alta performance dá dicas para mudança de hábitos alimentares

Ana Paula Becker, responsável pelo cardápio indicado pelo Studio 1.6 de Curitiba, diz que é preciso desenvolver o gosto por alimentos saudáveis; e é preciso paciência

Batemos um papo com a nutricionista esportiva Ana Paula Becker sobre mudanças de hábitos alimentares. Ana tem mais de 15 anos de experiência em nutrição esportiva, foi destaque em 2005 na Veja Curitiba como autora do melhor programa de emagrecimento e atua em mais de dez academias da cidade. Entre seus clientes estão atletas de alta performance como pilotos de stock car, ultramaratonistas e triatletas. Atualmente, a profissional também é responsável pelo cardápio seguido pelo educador físico Edu Sosnowski, do Studio 1.6 – Treinamento Funcional e Pilates.

Confira as dicas da especialista para garantir o sucesso da sua dieta.

Studio 1.6 – Como é possível reprogramar a mente para mudar os hábitos alimentares?

Ana Paula Becker Bom, partimos do princípio de quem é o lado racional? Você ou o alimento? Pensando desta forma vemos que a maioria das pessoas não tem consciência na hora de comer, não sabem o que ou quanto comer. Este ato se torna automático e muitas vezes sem controle nenhum o que acaba causando o sobrepeso, obesidade e as doenças decorrentes dessas condições. Para reprogramar a mente primeiro a pessoa tem que estar ciente do que está errando e quais mudanças precisa fazer. Pois muitas vezes esses erros vêm desde a infância. O que é gostoso? Açúcar e gorduras. Esquecemos ou não queremos experimentar outros alimentos que são saudáveis. O cérebro é muito adaptável às mudanças, basta querer. Para isso é necessário desenvolver um novo comportamento alimentar, treinando o cérebro para desenvolver o gosto por estes alimentos saudáveis. Desta maneira, a alimentação saudável vai virar rotina. Vale lembrar que restringir ou cortar alimentos são dietas necessárias somente para quem é doente, alérgico ou intolerante.

Studio 1.6 – Existem terapias, psicólogos comportamentais e outros profissionais que podem auxiliar na mudança de hábitos, principalmente quando ligados aos distúrbios alimentares?

Ana Paula Becker Sim existem. E muitas vezes uma equipe multidiciplinar é necessária, pois algumas pessoas podem desenvolver distúrbios alimentares (anorexia, bulimia, ortorexia, vigorexia, etc) medos, compulsões que não admitem ou não reconhecem. Uma abordagem multidisciplinar no processo de emagrecimento o torna mais eficaz e o resultado vem de forma mais consistente.

Studio 1.6 – Quais alimentos podem substituir quando há um impulso alimentar causado pelo estresse ou ansiedade?

Ana Paula Becker A ansiedade, na maioria das vezes, é causada pela má alimentação, por falta de equilíbrio dos nutrientes. Esse tipo de situação pode ser corrigido com reeducação alimentar. Já em relação ao estresse não existe uma regra. Cada caso é um caso. Porém, para diminuir o cortisol – que é o hormônio do estresse – existem alguns suplementos, terapias e a atividade física também tem um papel importante no controle do estresse.

Studio 1.6 – Quais substituições inteligentes podem ser feitas no dia a dia para quem quer se alimentar de forma mais saudável? 

Ana Paula Becker A regra é abra menos e descasque mais. Abra menos pacotes de bolachas, barra cereal e descasque mais frutas naturais. Dê preferência ou frutas secas e oleaginosas  (damascos, uva passas, castanhas, nozes). Troque o arroz branco pelo integral, muitigrãos. O cereal matinal açucarado por aveia, quinoa, chia, linhaça dourada. O leite longa vida pelo leite de pacote. O iogurte normal pela kefir. Os sucos e refrigerantes pelos chás de erva (infusão) ou o kombucha. Evite ao máximo adicionar o açúcar, se necessário prefira o mel.

Studio 1.6 – Quais as dicas e os primeiros passos para uma reeducação alimentar?

Ana Paula Becker 1º passo – Determinação:

2º passo – Procurar um profissional da área de nutrição (nutricionista ou nutrólogo) para uma orientação correta;

3º passo – Não ter pressa.

Studio 1.6 – Quais as dificuldades de mudar os hábitos alimentares? Como enfrentá-las?

Ana Paula Becker A maioria das pessoas tem preguiça de preparar alimentos saudáveis. Sem força de vontade o suficiente, acham difícil e desistem. Muitas pensam que vão passar fome.  Além disso, tem dificuldade de diminuir o consumo de alimentos e bebidas com calorias vazias, como refrigerantes e sucos processados. A melhor maneira de enfrentar estas dificuldades é buscar ajuda profissional ou pessoas que motivem esta pessoa mostrando o lado positivo destes hábitos até que eles se tornem rotina.

Serviço

Studio 1.6 Treinamento Funcional e Pilates

Endereço: Rua Atílio Bório, 1828, Juvevê.
Horário de atendimento: Segunda a sexta, das 6h às 22h. Sábado das 8h às 12h.
Telefone: (41) 3039-7697
https://www.facebook.com/studio1.6funcionalepilates/

Ana Paula Becker
https://www.facebook.com/anapaula.becker5