O Itaipu Slackline World Cup traz show das bandas Corleone e Oriente

Foto divulgação site: Banda Oriente.

Itaipu Slackline World Cup vai transformar Foz do Iguaçu, no Paraná, na fronteira do Brasil com o Paraguai e Argentina, num grande cenário de show de manobras radicais e música boa, no próximo fim de semana.Com estrutura para receber mais de 5 mil pessoas, o evento terá apresentações de três grupos de rap da cidade, além das bandas Corleone, também prata da casa, e a Oriente, do Rio de Janeiro. A programação começa na sexta-feira (9) e prossegue até domingo (11) no Gramadão da Vila A. A entrada é grátis.

“A música caminha ao lado do esporte, por isso não pode faltar” comenta o presidente da Adere e organizador do campeonato, Marcelo Penayo, que também comandará as pick-ups ao lado da Dj Manu Sanches.
No sábado (10) a festa mescla rock rap para comemorar os 30 anos da loja Woodstock. Os shows têm início às 18 horas, com Magrellow, Acionários MDL e Terceiro Milênio. Já às 20 horas, os “corleones” Léo Barudi, André da Luz, Reges Fleitas e André Vinicius sobem ao palco para fechar o sábado com muita adrenalina.
Para marcar o aniversário da Woodstock, será montada ainda uma pista de skate para a galera se divertir, enquanto curte um som.
 
E tem mais. Essa é um pequena mostra do que o público vai encontrar no Slack Park que, além da minirrampa, terá um espaço para iniciantes do slackline, com instrutores à disposição.
No domingo (11) a Banda Oriente, do Rio de Janeiro, é a atração principal da festa. Formado por Chino, Nissin, Geninho beatbox e Bruno Silva, o grupo de rap promete fazer tremer o palco do mundial.
Com o repertório do álbum Desorientado e algumas músicas do Acústico, o Oriente tem conquistado cada vez mais fãs e seguidores. A música agrada ao público e à crítica também. O show da Banda Oriente começa às 19h30.
Crianças também estão dentro
O público infantil não ficará de fora da programação. Nos três dias (9, 10 e 11) a Trupe Luz da Lua comanda a festa circense, com muitas palhaçadas e malabarismos para alegrar a criançada.
O Itaipu Slackline World Cup é uma realização da Adere (Associação de Desenvolvimento de Esportes Radicais e Ecologia) e Itaipu Binacional. O evento tem o apoio do ICVB (Iguassu Convention & Visitors Bureau).

Competição
Foz do Iguaçu vai receber a etapa da Copa Mundial de Slackline de 9 a 12 de outubro. A elite internacional do slackline virá à fronteirapara a competição, entre eles o americano Alex Mason, de 17 anos, considerado o menino prodígio do esporte no mundo; Toru Gappa, do Japão, que inventou mais de 60% das manobras de slackline; e os brasileiros Carlos Neto, campeão mundial de 2013, e Gabriel Aglio, primeiro campeão brasileiro de slackline.
O que é
O slackline, que antes era conhecido como corda bamba, é um esporte em que o atleta se equilibra sobre uma fita elástica esticada entre dois pontos fixos, o que permite ao praticante andar e fazer manobras por cima.
As variações de slackline incluem, entre outras, “waterline” (slackline sobre água), “highline” (em grandes alturas, “trickline” (slackline somente para fazer manobras) e “longline” (de distância longa, normalmente acima de 40 metros).
O que é
O slackline, que antes era conhecido como corda bamba, é um esporte em que o atleta se equilibra sobre uma fita elástica esticada entre dois pontos fixos, o que permite ao praticante andar e fazer manobras por cima.
As variações de slackline incluem, entre outras, “waterline” (slackline sobre água), “highline” (em grandes alturas, “trickline” (slackline somente para fazer manobras) e “longline” (de distância longa, normalmente acima de 40 metros).

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Talvez você se interesse por estes artigos

Fechar Menu