Oi Futuro e British Council anunciam edital voltado para festivais com foco em intercâmbio cultural

0
125

Em uma parceria inédita, o Oi Futuro e o British Council lançaram nesta semana um novo edital de fomento a projetos culturais, o Programa Pontes, com foco na internacionalização de festivais artísticos de todo o Brasil. Produtores de festivais de linguagens variadas podem inscrever suas propostas até dia 28 de fevereiro no site do Oi Futuro (www.oifuturo.org.br).

“O Oi Futuro acredita no diálogo entre criadores locais e de fora como maneira de fortalecer a cultura”, define Roberto Guimarães, gestor de Cultura do Oi Futuro. “Os festivais artísticos são uma força única para renovar a vida nas cidades e contribuem para formar novos públicos, e o Programa Pontes vai fomentar experimentações de inovação e estimulam conexões.” 

“A construção de um programa especialmente concebido para festivais brasileiros é uma forma de responder aos desafios colocados pelo complexo momento econômico e social do país, que afeta fortemente a cena artística. Ao oferecer canal inovador – um edital inédito – o British Council Brasil pretende promover um programa estratégico e participativo que apoie a sustentabilidade dos festivais, bem como o aprofundamento de parcerias internacionais duradouras com o setor, através de relevante presença britânica na cena local”, explica Cristina Becker, gestora de Artes do British Council. “Outro importante fator é a frutífera troca de expertises entre o Oi Futuro e o British Council através desta pioneira iniciativa conjunta de troca de conhecimentos e que agregam valores preciosos para o ambos os lados”. 

Usando o modelo matchfunding, as duas instituições farão uma seleção conjunta de festivais brasileiros, que receberão aporte financeiro com o compromisso de incluir residências de criadores britânicos em sua programação e promover o intercâmbio cultural, contribuindo para formação de redes internacionais nas artes e troca de experiências. O programa vai destinar um total de R$ 500 mil para os dez festivais selecionados. As residências devem durar no mínimo duas semanas e resultar necessariamente em trabalhos artísticos originais e abertos ao público. A lista de referência de criadores britânicos pode ser acessada no site do British Council Brasil (www.britishcouncil.org.br). 

Podem se inscrever festivais brasileiros dispostos a receber artistas do Reino Unido (Inglaterra, Escócia, Irlanda do Norte e País de Gales) para residência cocriativa, com oportunidades de conexão e experimentação com criadores brasileiros. O festival deve propor atividades relacionadas a essa residência com amplo alcance e benefícios mútuos para artistas ou grupos britânicos e o público local. Para participar, o produtor cultural não precisa estar inscrito em leis de incentivo à cultura, já que o programa é realizado com financiamento direto das duas instituições, podendo inclusive beneficiar projetos de estados que não são contemplados por essas leis.  

O Programa Pontes é uma criação conjunta do Oi Futuro e British Council, com o objetivo de oferecer novas alternativas de fomento aos festivais brasileiros e de promover a produção artística do Reino Unido no Brasil. Partindo de um modelo inovador, baseado na colaboração institucional, o programa une a expertise do Oi Futuro na gestão de editais de seleção de projetos culturais e a experiência do British Council na formação de redes internacionais de artistas e especialistas. Os festivais foram escolhidos para o benefício por serem importantes veículos de acesso à cultura e de estímulo à economia criativa local. 

Sobre O Oi Futuro 

O Oi Futuro promove, apoia e desenvolve ações inovadoras e colaborativas para melhorar a vida das pessoas e da sociedade. Com a atuação nas frentes de Educação, Cultura, Inovação Social e Esporte, o instituto acelera iniciativas que potencializam o desenvolvimento pessoal e coletivo, fomentam experimentações de inovação e estimulam conexões. 

Na Educação, o Oi Futuro investe em modelos inovadores para inspirar novas formas de aprender e ensinar com o NAVE (Núcleo Avançado em Educação), que forma jovens para as economias digital e criativa, com foco na produção de games, aplicativos e produtos audiovisuais. O programa, desenvolvido em parceria com as Secretarias de Estado de Educação do Rio de Janeiro e Pernambuco, oferece ensino médio integrado. Além de obter formação voltada para a indústria criativa e digital, os estudantes do NAVE são incentivados a desenvolver o espírito empreendedor e a estabelecer suas primeiras conexões profissionais, por meio de projetos e eventos de integração com o mercado de inovação.  

Na área Cultural, o instituto atua como um catalisador criativo, impulsionando pessoas através das artes, estimulando a produção colaborativa e promovendo o acesso à cultura na era digital. O Oi Futuro mantém um centro cultural no Rio de Janeiro, com uma programação que valoriza a produção de vanguarda e a convergência entre arte contemporânea e tecnologia, e realiza o Programa Oi de Patrocínios Culturais Incentivados, que seleciona projetos em todas as regiões do país por meio de edital público. O Instituto também faz a gestão do Museu das Telecomunicações e sua Reserva Técnica, pioneiro no uso da interatividade no Brasil, e do LabSonica, laboratório de experimentação sonora. Também no Rio, o Oi Futuro mantém a Oi Kabum!, escola de arte e tecnologia onde está abrigado o Lab.IU, Laboratório de Intervenção Urbana.  

Na Inovação Social, o Oi Futuro mantém o Labora, laboratório voltado para soluções inovadoras e de impacto para as cidades e a gestão cultural. O Labora é um ambiente de conexão, aprendizagem e criação para organizações e empreendedores comprometidos com a transformação de impacto e oferece programas de incubação e aceleração para projetos e negócios sociais em diferentes fases de maturação e perfil empreendedor. O Oi Futuro também aposta em projetos esportivos que conectem pessoas e promovam a inclusão e a cidadania.  

Sobre o British Council 

O British Council é a organização internacional sem fins lucrativos do Reino Unido para relações culturais e oportunidades educacionais. Seu trabalho busca estabelecer a troca de experiências e criar laços de confiança por meio do intercâmbio de conhecimento e de ideias entre pessoas ao redor do mundo. A organização está presente em mais de 100 países e trabalha com parceiros como governos, organizações não governamentais e iniciativa privada, em ações relacionadas à promoção da língua inglesa, cultura, artes, educação e programas sociais. Informações: www.britishcouncil.org.br 

Fotos: (crédito – Oi/Comunicação)

*Cristina Becker, gestora de Artes do British Council e Roberto Guimarães, gestor de Cultura do Oi Futuro.

Comments are closed.