quarta-feira, 17 julho 2024
14.7 C
Curitiba

O infarto não respeita quarentena

Segundo a Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista (SBHCI), houve uma redução de 70% nos atendimentos de infarto no país. Isso significa que as pessoas estão, muito provavelmente, com medo da pandemia do COVID-19 e mesmo infartando não estão buscando socorro médico.

Para mudar essa realidade, a SBHCI lançou a campanha “O infarto não respeita quarentena”, com o objetivo de fazer com que as pessoas identifiquem o sinal de infarto e busquem imediatamente pelo atendimento médico, em caso de suspeita.

Para mais informações deixo disponível o site da campanha: www.coracaoalerta.com.br.

INFARTO: DOR NO PEITO NÃO É O ÚNICO SINAL

Infarto fulminante é um termo criado justamente para designar o infarto agudo do miocárdio, ou seja, quando o indivíduo não consegue atendimento rápido e emergencial e morre antes de chegar ao hospital.

Com agilidade e consciência é possível agir em situação de emergência e evitar que uma pessoa chegue ao óbito, visto que cada minuto que passa após a parada cardíaca representa 10% de aumento das chances de morte.

Por isso, o passo a passo para prestar primeiros socorros em caso de morte súbita é:

1. Checar se a pessoa está respirando;
2. Se sim, solicite socorro imediatamente ao Corpo de Bombeiros e SAMU ligando, respectivamente, para os números 193 e 192
3. Caso a pessoa não esteja respirando, deve-se chamar o socorro e iniciar a massagem cardíaca fazendo, pelo menos, cem compressões por minuto até a ajuda especializada chegar.

Destaque da Semana

Palladium lança campanha de inverno com conchas exclusivas de brinde

Conjunto de talheres faz parte da campanha colecionável O Palladium...

Pilar de Fogo: Espetáculo de Horror estreia versão tecnológica no Mini Guaíra

Após o sucesso durante o Festival de Curitiba de...

Cattalini Terminais celebra 43 anos com anúncio de aumento de calado no berço interno do píer privado

A Cattalini Terminais Marítimos ampliou o calado do berço...

Anúncios de comida em videogames influenciam adolescentes, mostra estudo

Pesquisa sugere maior consumo de produtos ricos em gordura,...

Artigos Relacionados

Destaque do Editor

Popular Categories

Mais artigos do autor