Andy Keels une indie, folk e tons oitentistas em “Dead to Me”

Um trabalho de estreia de um artista e é uma soma de toda a jornada acumulada pela vida. Isso surge, como um grito libertador, em “Dead to Me”, primeiro single do cantor e compositor britânico Andy Keels. A faixa estará no EP “15 Years” e ganha um clipe filmado na Grécia evidenciando a mistura de indie, folk e tons oitentistas da faixa.

Veja o clipe: https://youtu.be/2Q-SNeCw470

Construindo seu nome nos últimos anos, Keels começou a se destacar como baterista, cantor e compositor na banda Twen2y4se7en. Ao longo dos anos, ele também dividiu palco e turnês com nomes variados como Westlife, McFly, Blue e Sugababes. Andy se orgulha de ser um contador de histórias, recorrendo a experiências de vida para criar seu trabalho. Isso está em sua estreia solo.

“‘Dead to me’ tem um significado pessoal, veio de uma situação da vida real de ser decepcionado por amigos”, explica ele. “A razão pela qual escolhi este como o primeiro single é que tem uma energia que aproxima as pessoas”.

A faixa foi gravada no Germano Studios, em Nova York, com o engenheiro e produtor musical Dave Rowland (The Killers, Kanye West, Justin Bieber, John Legend). O Ep “15 Years” está previsto para janeiro.

Veja o clipe: