Quanta Diagnóstico por Imagem participa de estudo sobre anticoagulante publicado no exterior

0
259

O estudo foi publicado neste mês no The New England Journal of Medicine

Quanta Diagnóstico por Imagem participa de estudo sobre anticoagulante publicado no exterior

O cardiologista Fabio R. Farias, da equipe da Quanta Diagnóstico por Imagem, que participou do estudo “Rivaroxabana em Pacientes com Fibrilação Atrial e uma Válvula Mitral Bioprotética”. Crédito da foto: Guto Lavigne

O cardiologista Fabio R. Farias, da equipe da Quanta Diagnóstico por Imagem, participou do estudo “Rivaroxabana em Pacientes com Fibrilação Atrial e uma Válvula Mitral Bioprotética”, realizado no Brasil. A pesquisa avaliou o desempenho da droga rivaroxabana, comparada a outra droga semelhante, que já era utilizada nos mesmos casos. Durante um ano, foram acompanhados 1.005 pacientes, de 49 localidades brasileiras, que sofriam de uma arritmia chamada fibrilação atrial e haviam sido submetidos a implante de válvula de pericárdio bovino.

“Esse estudo é muito importante porque apresenta mais uma opção de medicação para evitar eventos tromboembólicos, como obstrução de uma artéria do cérebro por um coágulo de sangue, que podem ocorrer quando o paciente tem uma válvula no coração ou arritmia cardíaca”, explica Farias.

Segundo ele, a rivaroxabana já era comprovadamente eficaz e segura em prevenir, e mesmo tratar, outros tipos de trombose. Farias diz que, com os resultados do estudo, pode-se dizer que é tão boa quanto a droga com a qual foi comparada, porém, mais fácil de usar. Com ela, o paciente não necessita, como no uso da outra droga, de exames de controle da coagulação a cada 30 a 45 dias.

Há uma terceira droga, usada há vários anos nesses tratamentos, mas que necessita de controle da coagulação. E há drogas novas, semelhantes à rivaroxabana, mas ainda não liberadas para o uso que foi testado nesse estudo.
O estudo foi publicado no dia 14 de novembro, em The New England Journal of Medicine, no site NEJM.org. “A Quanta tem a ciência como um de seus tripés de ação e participar de um estudo publicado em uma revista tão relevante só prova que estamos no caminho certo, gerando dados de qualidade que podem mudar para melhor a saúde dos nossos pacientes”, ressalta o cardiologista Dr. Rodrigo Cerci, diretor do Serviço de Angiotomografia Coronária e de Pesquisa e Inovação da Quanta.

Sobre a Quanta Diagnóstico por Imagem
Fundada em 2004, a Quanta Diagnóstico por Imagem está localizada na cidade de Curitiba (PR) e oferece exames de ressonância magnética, PET-CT, tomografia 256 canais, angiotomografia, angiotomografia coronária, escore de cálcio, mamografia/tomossíntese, ecografia, radiografia, densitometria óssea, biópsia, cintilografia, radioiodoterapia, tratamentos para câncer de tireoide e dor óssea no câncer, ecocardiograma, eletrocardiograma e teste ergométrico.