Santander lança bolsas de apoio profissional para jovens em universidades globais

Formações têm foco no aprimoramento de habilidades digitais e emocionais, na capacidade de liderança, idiomas, desenvolvimento de carreira e acesso ao mercado de trabalho internacional
Santander lança bolsas de apoio profissional para jovens em universidades globais

Nicolas Vergara, superintender executivo do Universidades Santander Brasil.

O Santander abriu inscrição para bolsas de estudo com o intuito de apoiar o desenvolvimento de habilidades muito requisitadas no atual cenário econômico que conjuga desafios surgidos da pandemia de covid-19, alta do desemprego e transformação das relações e formas de trabalho. O programa Bolsas Globais, realizado por meio do Santander Universidades, terá cursos 100% online neste momento de restrição de mobilidade.

Das 1.525 bolsas, 1.425 ainda estão com edital de inscrição aberto para cursos em instituições renomadas como Massachusetts Institute of Technology (MIT), London School of Economics (LSE), University of Pensilvania (UPenn) e ESADE. Os prazos encerram nos próximos dias ou até 30 de dezembro. (ver descrição abaixo)

O público-alvo das bolsas, jovens graduandos e em começo de carreira, é o mais afetado pelo desemprego no Brasil. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, quase 1/3 dos jovens de 18 a 24 anos estavam desocupados no segundo semestre deste ano (IBGE/PNAD Contínua).

“A pandemia atingiu em cheio a empregabilidade do jovem no Brasil, além de antecipar ao momento presente as necessidades de atualização de habilidades de diferentes esferas, mas essenciais, como digitais e emocionais. As bolsas globais que estamos oferecendo preparam os jovens neste momento de transformação aguda e profunda”, afirma Nicolas Vergara, superintender executivo do Universidades Santander Brasil.

Interessados devem se inscrever nos editais de cada uma das bolsas por meio deste link https://www.becas-santander.com/pt. Veja abaixo quais são os requisitos, prazo de inscrição, público-alvo, domínio da língua, tempo de duração e outros critérios de elegibilidade.

Bolsa Santander Digital & Innovation for MIT Professional Education:  Inscrições abertas até 30 de dezembro. São 400 bolsas para universitários e jovens em começo de carreira que buscam aprimorar competências digitais. Há programas de formação de habilidades tecnológicas em blockchain, machine learning, desenvolviemento, cloud. E habilidades relacionais: relações interculturais e negócios globais, cultural awareness. Duração 8 semanas. Público-alvo: graduados e jovens profissionais entre 25 e 32 anos, com até 8 anos de experiência profissional. Curso disponível apenas em inglês.

Bolsa Santander Women Emerging Leaders – London School of Economics: Inscrições até 4 de dezembro. São 125 bolsas de um programa que busca estabelecer uma rede de mulheres que serão futuras líderes em seus setores e fomenta um networking e diálogo contínuo entre elas. Serão trabalhados o desenvolvimento de habilidades de negociação e liderança exigidas por qualquer organização. Duração de 7 semanas. Público-alvo: mulheres. Curso disponível em inglês.

Bolsa Santander English for Professional Development – Universidade da Pennsylvania: Inscrições até 16 de dezembro. São 500 bolsas destinadas a estudantes que falem inglês e buscam acesso ao mercado de trabalho internacional. As atividades se darão por meio de conferências, debates e exercícios de compreensão que os alunos podem completar de forma independente. Além disso, terão encontros com os instrutores e colegas, e algumas tarefas em equipe. Duração 13 semanas. Público-alvo: jovens que miram o mercado de trabalho internacional e falem inglês. Curso disponível em inglês.

Bolsa Santander Skills for Professional Development – ESADE: Inscrições até 30 de novembro. São 400 bolsas com foco em liderança, criatividade, produtividade, inteligência emocional, negociação, comunicação e tomada de decisão. Os conhecimentos acadêmicos oferecidos fazem partem de três grandes e necessárias áreas de conhecimento: a inteligência emocional, inteligência social e os processos cognitivos. Duração: 8 semanas. Público-alvo: jovens em começo de carreira. Curso disponível em inglês, espanhol e português.

As 100 bolsas de Tech Revolution in Finance para a IE University já tiveram as Inscrições encerradas. Eram voltadas ao aprendizado de conceitos de computação em nuvem, criptomoedas, inteligência artificial e big data aplicados ao mercado financeiro, economia compartilhada e gestão digital de fundos de investimento.

Sobre o Santander Universidades

O Santander Brasil foi selecionado para o top 10 do ranking Change The World 2019 da revista americana Fortune, que aponta as empresas que colaboram para tornar o mundo um lugar melhor por meio de seus próprios negócios. O firme compromisso com a educação superior, por meio do Santander Universidades (www.santander.com/universidades), também diferencia o Banco como a empresa que mais investe em educação no mundo, segundo Informe Varkey / UNESCO / Fortune 500 de 2018. Já são acordos de colaboração com 1.000 universidades e instituições de 22 países, além de 1,8 bilhão de euros destinados a iniciativas acadêmicas desde 2002. No ano passado foram concedidas mais de 68 mil bolsas de estudo e apoios com o objetivo de contribuir com o progresso das pessoas, das empresas e da sociedade.