Ânima Educação e Movimento Unidos Pela Vacina lançam hackathon ‘Influencer do Bem’ com participação do DJ Alok

A ação, que acontece entre os dias 21 e 23 de maio, vai criar reality show para conscientizar os jovens sobre a prevenção e a vacinação contra a Covid-19
Cada vez mais os influenciadores digitais têm usado suas redes sociais para ampliar discussões sobre temas urgentes e necessários para o país. Com o objetivo de promover engajamento dos jovens na prevenção contra a COVID-19, a Ânima Educação, uma das principais organizações educacionais de ensino superior do País, e o Movimento Unidos pela Vacina desenvolveram o hackathon “Influencer do Bem”. Com a participação do DJ e produtor musical Alok, a iniciativa nacional quer estimular a conscientização dos brasileiros sobre a importância da prevenção contra o novo Coronavírus, antes e mesmo após a vacinação.

Idealizado pela coordenadora dos cursos de TI & Computação da Ânima Educação, Samara Leal, o hackathon será realizado por alunos das instituições de ensino que integram o Ecossistema Ânima em todo o país, entre elas o UniCuritiba, e da Eureca. Serão cerca de 150 alunos, divididos em times. As equipes participarão de uma maratona virtual para resolver o desafio: criar um reality show para que, na segunda fase da competição, os jovens realizem diversas ações utilizando suas redes sociais para obter o maior alcance e influência na conscientização contra a COVID-19.

“Esta é uma importante iniciativa em um momento pandêmico, em que todos precisam se unir para combatermos a disseminação do vírus. Por isso, acreditamos que a ação se torna uma ferramenta essencial para engajar a sociedade através de seus jovens em causas prioritárias”, reforça Rodrigo Neiva, diretor acadêmico da Ânima Educação. Também participam da iniciativa a rede Eureca, o Instituto Alok e o Magazine Luiza.

Durante o evento, os alunos participantes receberão mentoria e orientação de professores da Ânima Educação e de especialistas da área da saúde para desenvolverem os projetos. “A equipe que apresentar a melhor solução, ou seja, o melhor reality show, de acordo com o parecer da banca avaliadora, participará de um jogo de Free Fire com Alok e cada membro da equipe ganhará um prêmio do Magazine Luiza”, explica Samara Leal.


“Um dos nossos desafios tem sido engajar os jovens na comunicação sobre cuidados contra a COVID-19. Para nós, é fundamental fazer com que eles sejam parte dessa conversa. Precisamos apontar maneiras possíveis e criativas de estimular a prevenção nesses jovens, que muitas vezes são obrigados a sair de casa para trabalhar por exemplo”, afirma Claudia Sender, membro do conselho em várias empresas e integrante da frente de Comunicação do Unidos Pela Vacina.

Após a realização do hackathon, nos meses de junho a agosto, os reality shows vencedores poderão ser acompanhados por todos os jovens. Para mais informações basta acessar as redes sociais @influencer.dobem e @unidospelavacina.


Sobre o Unidos Pela Vacina

Criado a partir da iniciativa de Luiza Helena Trajano, presidente do Grupo Mulheres do Brasil, o Movimento Unidos Pela Vacina é apartidário e nasceu com o objetivo de tornar viável a vacinação de todos os brasileiros contra Covid-19 até setembro de 2021. Com esse propósito, mais de 4.000 pessoas entre artistas, cientistas, empresas e representantes de comunidades, entidades setoriais e da sociedade civil uniram-se à executiva e suas 85 mil voluntárias, potencializando suas forças e vozes em benefício da imunização da população. Com uma agenda de ações, está atuando para mobilizar governos, empresários e sociedade civil para retirar entraves e fazer com que a vacinação chegue o mais rápido possível para todos os cantos do Brasil.
Mais informações no site: www.unidospelavacina.org

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui