Branding: como fortalecer a marca da sua empresa

Especialista em marketing e estratégia de negócios dá dicas para criar um nome forte e identificação com o público das empresas

A construção e gestão da imagem de uma empresa são essenciais para aumentar o alcance das marcas. Em um mundo cada vez mais digital, o fortalecimento da marca da empresa é diretamente proporcional ao seu sucesso e, consequentemente, à sua saúde financeira. O especialista em marketing e estratégia de negócios, Frederico Burlamaqui, lembra que hoje compramos muitos produtos pelo nome das marcas, como é o caso da Gilette, Leite Moça, Cotonetes, Quiboa, Yakult, Sucrilhos, entre outras.  O especialista dá dicas para criar um nome forte e identificação com o público:

 

1-         Destaque o diferencial da sua empresa

No momento atual, com a pandemia da COVID-19, as pessoas estão consumindo cada vez mais conscientes. A força da sua marca deve estar atrelada aos diferenciais que ela oferece e o branding deve ter relação com a experiência do consumidor com o seu produto ou serviço: não adianta construir uma marca perfeita se a experiência for negativa. O branding precisa estar alinhado com todas as etapas do processo;

2 – Conquiste a confiança dos clientes

Acompanhe o processo, desde a entrada do cliente na loja ou no site, mapeie possíveis falhas e acompanhe a jornada dele, incluindo um bom trabalho de pós-vendas;

3 – Tenha uma identidade!

Defina qual o propósito, missão e valores da sua empresa. Hoje o cliente busca uma identificação com a empresa e são nesses objetivos, baseados no que a empresa realmente é, que se constrói essa relação;

4 – Foco no colaborador interno

Não adianta ter uma marca bem-posicionada se o colaborador da empresa não sabe o que a marca realmente oferece. São eles que, na maioria das vezes, têm o maior contanto com o cliente e precisam saber quais as características exatas do produto ou serviço que estão vendendo;

O especialista alerta que para fazer a gestão da marca, o famoso branding, é importante também associar sentimentos a sua marca. “O que o seu cliente precisa sentir ao consumir seu produto? Quais dores o seu serviço vai curar nesse cliente? Essa definição é a linha que deve nortear todas as ações e departamentos da empresa”, finaliza Burlamaqui.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER


spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui