Doenças Raras em Cardiologia são abordadas em duas edições da revista científica da SOCESP

A Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo traz duas edições da Revista da SOCESP inteiramente voltadas para inúmeros artigos sobre as Doenças Raras em Cardiologia.

O editor chefe da publicação, Marcelo Franken, lembra que, apesar de muitas vezes negligenciadas, até por desconhecimento, estas enfermidades, quando somadas, afetam grande parte da população no mundo todo. Somente no Brasil, estima-se que 13 a 15 milhões de pessoas sejam acometidas. “O principal fator que define uma doença rara é a sua prevalência. Em nosso meio pode entrar nessa categoria aquela que afeta menos de 65 por 100 mil habitantes”, explica Franken.

O editor destaca que, de forma geral, são enfermidades de evolução crônica e com possibilidades terapêuticas escassas e, na maior parte das vezes, de muito alto custo, trazendo grande sofrimento aos pacientes e seus familiares. “É fundamental que os especialistas conheçam as principais cardiopatias raras, para que possam reconhecer e direcionar o tratamento que, muitas vezes, pode aliviar o sofrimento do paciente”, completa.

Na primeira edição são 11 artigos que abordam as doenças relacionadas às alterações do metabolismo lipídico como a hipercolesterolemia familiar, hipertrigliceridemias e lipodistrofias. Além disso, outras doenças raras que, da mesma forma que as alterações do metabolismo lipídico, tem como via final a aterosclerose ou a doença arterial coronariana também são tratadas, como trombofilias, doenças autoimunes e anomalias coronárias.

A publicação ainda tem um suplemento com artigos elaborados por associados aos Departamentos multiprofissionais da entidade. São conteúdos das áreas de Fisioterapia, Enfermagem, Farmacologia, Nutrição e Psicologia.

No próximo número da Revista da SOCESP, que deverá ser publicada em breve, serão abordadas as miocardiopatias e arritmias. A edição sobre Doenças Raras em Cardiologia teve como coeditores os professores Maria Cristina de Oliveira Izar e Antonio Carlos Palandri Chagas e pode ser acessada no link: https://socesp.org.br/revista/.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui