Cidade da Luta tem edição hibrida nesse domingo (12)


Foto: Divulgação

O card de 11 lutas conta com K1 e MMA, profissional e amador; o evento será transmitido em pay per view e terá plateia de 300 pessoas, no Espaço Torres da Av. Kennedy

O Cidade da Luta arma seu cagering novamente. Nesse próximo domingo (12), o Espaço Torres da Av. Kennedy será palco para 22 atletas das artes marciais que botarão à prova suas técnicas a partir das 15h. Os ingressos presenciais foram distribuídos nas academias participantes e os ingressos virtuais, que tem custo de R$ 20, já podem ser adquiridos aqui. (https://www.sympla.com.br/cidade-da-luta__1323936)

“Seguimos investido no esporte paranaense, relevando novos atletas e incentivando as academias”, explica Ademar Pereira um dos idealizadores do evento e proprietário do Torres Eventos. “A pandemia acabou mudando as regras do jogo, mas nos adaptamos e vamos dar sequência ao projeto”, garante.

“Nosso objetivo continua sendo o de trazer ao mundo da luta novos campeões”, reafirma Fábio Falkenbach, também idealizador e organizador. Segundo ele, os atletas continuam treinando forte. “Todos os atletas serão submetidos a exame de covid-19”, explica.

Retomada

Fábio conta que o evento traria uma luta de Muay Thay Asiático, estilo que fez Curitiba despontar no cenário das artes marciais como um celeiro de lutadores, mas que precisou ser desmarcada dias antes do evento. “Infelizmente um dos atletas se lesionou e, por isso, tivemos que adiar para a edição seguinte esse retorno, mas já fica aqui o ‘spoiller’ para um futuro próximo”, revela.

“Curitiba se tornou conhecida pelo Muay Thay e vamos abrir espaço para essa modalidade. É algo que nos remete à chegada do mestre Nélio Naja, um dos primeiros a trazer a arte marcial para o Brasil e também um dos primeiros a formar campeões em Curitiba”, lembra Fábio.

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui