Cris Braun canta o desejo e a incompletude das relações na maturidade no álbum “Quase Erótica”

Aos 59 anos recém-completados, Cris Braun se reinventa. Cantora e compositora marcante da história do pop cult brasileiro, a artista faz uma viagem ao passado projetando o futuro em “Quase Erótica”, seu quinto disco solo. Revisitando faixas de sua juventude, ela traz um olhar cheio de desejo, tesão e ironia sobre o que é amar e querer ser amado na maturidade. O trabalho está disponível nas plataformas de música digital através do selo LAB 344.

Ouça “Quase Erótica”: https://crisbraun.lnk.to/QuaseErotica

“Senti um desejo de dançar, de falar para mais gente, de estar num palco pop rock me divertindo e alegrando corações neste disco. Quis sentir e passar vida, humor e pimenta! Refleti bastante sobre a falta de hormônios da menopausa, percebi uma nova forma de erotismo, libido e tesão. Daí o humor do ‘Quase Erótica’”, se diverte Braun.

Produzido pela artista junto com Dinho Zampier, o projeto buscou trazer o pop e rock que marca a carreira de Cris com indie e uma MPB psicodélica. O foco foi trazer um olhar atual para a sua própria história. O primeiro single, “Tudo que Você Queria Saber sobre Si Mesmo”, já deixa isso claro. A música, composta por Alvin L, fazia parte do repertório da banda cult Sex Beatles, que colocou o nome de Braun em visibilidade nacional. 

Assista ao clipe “Tudo Que Você Queria Saber Sobre Si Mesmo”: https://youtu.be/QD1EbyUbdoE

“Eu e o Dinho começamos a testar o estúdio que ele montou aqui em casa e à medida que fui aprendendo, me reencantei pela possibilidade de fazer um disco solto leve e brincante e cheio de pinicadas discretas. Para isso, fui buscar no passado referências que me levaram ao repertório, com faixas engavetadas e faixas antigas. Atemporalizar os arranjos e tirar eles de uma marca de sonoridade de época, jogar no tempo com inúmeras referências era o desafio. Esse projeto me inspirou a trazer humor e um pouco de alegria. Uma maneira leve de fazer crítica e resistência”, conta a artista.

Mixado e masterizado por Jair Donato, o disco conta com participações de Billy Brandão (guitarras e violões), Jam da Silva (percurssão) e Natan Oliveira (sopros). “Quase Erótica” pode ser ouvido em todas as plataformas de música digital.

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui