Nova campanha solidária arrecada brinquedos para famílias em vulnerabilidade social durante o Mês das Crianças

Ação é promovida pelo Instituto Novas Histórias e está aceitando doações para inaugurar brinquedoteca em comunidade no sertão baiano

“Brincando as crianças vão mais longe” é o lema da nova campanha solidária da Conexão Sertão, projeto de contraturno para crianças em situação de vulnerabilidade em Cipó, na Bahia. O programa faz parte da ONG curitibana Instituto Novas Histórias e está arrecadando dinheiro para criação de uma brinquedoteca, para que todas as crianças da comunidade possam ter acesso a brinquedos e brincadeiras. A ação ganha força a partir do feriado de 12 de outubro, que marca o Dia das Crianças, para que a brinquedoteca possa inaugurar até o Natal cheia de novidades.

Mesmo com a data simbólica de 12 de outubro, as doações já podem ser feitas no próprio site do Instituto Novas Histórias e também podem ser feitas após o Dia das Crianças. O dinheiro arrecadado será revertido em brinquedos que poderão ser usados não somente no feriado, mas também nos próximos anos pelas famílias da cidade, cujo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é um dos mais baixos no Brasil. O intuito da campanha é dar a essas crianças mais oportunidades de diversão, essencial para o desenvolvimento pessoal e social. Por isso, buscam a colaboração tanto de pessoas quanto de empresas, em qualquer valor, para tornar realizar essa missão e ajudar a criar novas histórias para a comunidade.

Sobre o Projeto

O Conexão Sertão é uma das frentes do Instituto Novas Histórias, presidido em parceria com a Primeira Igreja Batista (PIB) de Curitiba. Atualmente o Instituto auxilia centenas de pessoas pelo Brasil por meio de projetos em diferentes cidades do Brasil. Com eles, atende centenas de crianças e adolescentes na Bahia e, por meio do Projeto Ceifar, já auxiliou milhares de jovens e adultos com dependência química na região de Curitiba.

Faça sua doação pelo site: www.institutonovashistorias.com.br

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui