A bandeira nacional como símbolo da união de um povo

Independence, symbol. Flag of a country

José Benedito Caparros Junior (*)

As datas comemorativas servem para não deixar que as memórias se percam pelo tempo, além de serem excelentes oportunidades para que determinados assuntos se tornem objetos de ricos e profícuos debates na sociedade. Portanto, no Dia da Bandeira, 19 de novembro, é respeitável que recordemos um pouco da história da Bandeira do Brasil a fim de que entendamos sua origem e seu sentido originário, nem sempre mantidos nos discursos da atualidade política.

A Bandeira Nacional do Brasil foi criada pelo filósofo e matemático Raimundo Teixeira Mendes e pelo filósofo Miguel Lemos, sendo utilizada oficialmente pela primeira vez em 19 de novembro de 1889, apenas quatro dias após a Proclamação da República. Esse feito ocorreu por meio do Decreto n° 4, de novembro daquele ano, o qual foi elaborado por Benjamin Constant e assinado pelo Marechal Deodoro da Fonseca, que era o presidente provisório do Brasil na ocasião. De lá para cá, a Bandeira Nacional do Brasil deve ser atualizada sempre que ocorrer a criação ou a extinção de Estados.

Precisamos deixar claro que as bandeiras são símbolos nacionais e, portanto, cada país possui sua respectiva bandeira. Elas simbolizam a soberania de uma nação, representando sua história, seus valores, suas lutas e uma infinidade de outros elementos e sentimentos de um povo em relação ao seu país. Isto é, as Bandeiras Nacionais emblemam o sentimento de pertencimento a uma nação, mas, para além disso, simbolizam o patriotismo: o sentimento de amor, orgulho e devoção à pátria.

A Bandeira Nacional do Brasil serve a todo o povo brasileiro, não se curvando às convicções de apenas um ou outro grupo. É preciso refletir acerca do tema a fim de que o sentido originário deste símbolo nacional seja lembrado e preservado, independentemente de ideologias político-partidárias. Todos os brasileiros, sem quaisquer distinções, estão sendo representados quando hasteamos a bandeira do Brasil em residências, prédios públicos, eventos internacionais políticos, esportivos e artísticos, missões de paz, etc.

Portanto, neste dia é importante que a Bandeira Nacional do Brasil seja um símbolo de união de todo o povo brasileiro, longe de se restringir a apenas algumas convicções políticas. Ela é o símbolo do patriotismo que todo brasileiro deve carregar consigo, congregando o nosso povo.

*José Benedito Caparros Junior é Internacionalista, Mestre em Educação e Novas Tecnologias e Coordenador de Pós-Graduação nas Áreas de Comércio Exterior e Relações Internacionais na Uninter

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui