Fake News e violência contra a mulher são os temas que encerram Diálogos Contemporâneos

Escritores Fernando Morais e Mary Del Priori estarão em Curitiba nos dias 29 e 30/11

Fake News e violência contra a mulher são os temas que encerram Diálogos Contemporâneos
No dia 29/11, o jornalista e escritor Fernando Morais fala sobre “Guerras culturais – corações e mentes em tempos de fake news, negacionismo e pós-verdade”

O Espaço Cultural Capela Santa Maria, em Curitiba, recebe as últimas conferências de 2021 do evento literário Diálogos Contemporâneos nos próximos dias 29 e 30 de novembro, às 19 horas. Os aclamados escritores e jornalistas Fernando Morais e Mary Del Priori fecham com chave de ouro a primeira edição do evento na capital paranaense.

No dia 29/11, o jornalista e escritor Fernando Morais fala sobre “Guerras culturais – corações e mentes em tempos de fake news, negacionismo e pós-verdade”

Autor dos clássicos Chatô: O rei do Brasil, Olga, A ilha e Corações sujos, entre outros, vendeu mais de 2 milhões de livros em mais de 30 países e neste mês lançou a primeira parte da biografia do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Lula, Volume 1”.

Em sua conferência, vai falar sobre o futuro e o jornalismo nos dias atuais, as mudanças na formação e atuação dos jornalistas, redes sociais, extremismo político e o vínculo entre jornalismo e literatura.

Fake News e violência contra a mulher são os temas que encerram Diálogos Contemporâneos
Mary Del Priori fecha os Diálogos Contemporâneos de Curitiba no dia 30/11 com o necessário tema “A construção da violência contra a mulher na sociedade brasileira”.

Sobre o combate às fake News, ele é claro. “É muito fácil combater, basta criminalizar. Há uma dificuldade com o WhatsApp, baseado na criptografia, um sistema para proteger teoricamente o usuário, mas que cria problemas graves. Por conta disso muitos crimes são cometidos. É preciso distinguir a diferença entre garantir o sigilo de sua fonte como jornalista e garantir o sigilo de um criminoso. É um problema mais técnico do que jurídico”, afirma.

Mary Del Priori fecha os Diálogos Contemporâneos de Curitiba no dia 30/11 com o necessário tema “A construção da violência contra a mulher na sociedade brasileira”.

“A cada duas horas uma mulher é assassinada. Hoje mesmo quantas terão sido perseguidas, interpeladas verbalmente, insultadas, agredidas… Quantas delas fazem parte de seu círculo de amigas ou parentes? Em todo canto, mulheres vivem em alerta. Prestam atenção ao que vestir, a como falar, como responder, sorrir ou andar, que atitude tomar, que mensagem enviar. Acelerar o passo, fingir que está ao celular, não fazer contato visual, gritar, não gritar – todas essas são preocupações que revelam o temor feminino na rua, dentro de um carro, num escritório vazio ou num elevador”, aponta a escritora.

No seu ponto de vista, as mulheres gastam muita energia para se defender. Usam técnicas marciais para as quais não há medalha nem troféu. “É exatamente isso que faz a vida seguir como se os elogios “pesados”, a mão que bolina no transporte público, o chefe agressivo, ou a discussão com o namorado não fossem relevantes. Reclamações? Puritanismo ou vitimismo, dizem. Afinal, tais fatos parecem só ter importância para “as vítimas da violência”: uma classe envergonhada, marcada por baixa autoestima, por impotência, e sujeita a uma série de provações policiais e jurídicas para passar de vítimas a sobreviventes”, completa.

DIÁLOGOS CONTEMPORÂNEOS ATÉ AQUI
Com produção local de Aurea Leminski e Manoela Leão, e direção geral de Nilson Rodrigues, o evento literário tem uma série com dez conferências no total realizadas no Espaço Cultural Capela Santa Maria, sempre às 19 horas.  As palestras também serão transmitidas ao vivo pelo youtube com intérprete de Língua Brasileira de Sinais.

Ao todo foram 10 escritores e jornalistas brasileiros que fizerem parte da jornada na cidade, iniciada no dia 18 de outubro. Com temas variados, participaram também do projeto:  Elisa Lucinda, Xico Sá, Fabrício Carpinejar, Sérgio Vaz , Renato Janine Ribeiro, Ignácio de Loyola Brandão, Mário Prata e Tereza Cruvinel.

SERVIÇO
Diálogos Contemporâneos Curitiba
de 18 de outubro a 30 de novembro de 2021
Sempre às 19 horas
Entrada franca
Local: Capela Santa Maria (Rua Conselheiro Laurindo, 273)
Programação e mais informações
https://business.facebook.com/dialogoscuritiba
http://dialogoscontemporaneos.com/2021/curitiba/
Instagram: @dialogoscuritiba
Twitter: dialogcuritiba
Youtube: Dialogos Contemporâneos

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui