Pilar Hospital implementa Serviço de Atendimento ao Trauma na Face

Voltado a pacientes que sofreram algum tipo de trauma no rosto, resultante de diversos tipos de acidentes

Pilar Hospital implementa Serviço de Atendimento ao Trauma na Face
Foto:Pixabay

O Pilar Hospital implementa, a partir deste mês de março, o Serviço de Atendimento ao Trauma na Face, destinado a um tratamento completo de pacientes que sofreram intercorrências e/ou diversos tipos de patologias de rosto.

Dr. Killian Evandro Cristoff, cirurgião bucomaxilofacial do hospital, explica que os ossos da face têm, por natureza, a função de proteger nossa cabeça. “Por esse motivo, acabam em alguns casos fraturando com facilidade. Também tratamos de feridas e cortes na região da face. É cada vez mais frequente a procura pelo tratamento de sequelas de traumas desse tipo, ou seja, casos que não foram tratados no momento certo e com isso tiveram sequelas. O que buscamos com o serviço é prestar o atendimento o mais rápido possível para evitar sequelas futuras”, diz.

Segundo o Datasus, mais de 30 mil pessoas sofrem traumas na face todo ano, resultado das mais diversas causas, indo de acidentes em casa, na prática de esporte, até os acidentes de trânsito. Dr Cristoff esclarece que os homens têm uma tendência maior a sofrerem acidentes, na maioria das vezes, causados pela associação entre bebida e direção. “Esse trabalho de atendimento vai além do tratamento dos casos, já começamos uma ampla divulgação das formas de prevenção, além disso, estaremos com algumas entidades de classe envolvendo a comunidade na prevenção de acidentes”, ressalta.

Para o tratamento dos pacientes, o especialista comenta que serão usadas o que há de melhor em tecnologia médica, além de contar com toda estrutura do Pronto Atendimento para o direcionamento imediato dos casos. “Temos no Pilar Hospital excelentes equipamentos, como o tomógrafo transoperatório, para diagnóstico e tratamento de todas as lesões que podem afetar a região. No Centro Cirúrgico, esse equipamento perfaz todas as tecnologias necessárias a qualquer complexidade cirúrgica para esse fim e também acompanha uma unidade radiológica 24h, que dá suporte para todas as necessidades dessa prática. Além disso, a atuação multiprofissional é um dos maiores diferenciais do Serviço de Atendimento ao Trauma na Face”, completa.

Serviço de Cirurgia e Traumatologia Buco-maxilo-facial, Disfunção Temporomandibular e Dor Orofacial

O Pilar mantém desde 2013 o Serviço de Cirurgia e Traumatologia Buco-maxilo-facial, Disfunção Temporomandibular e Dor Orofacial, que foi criado com o propósito de investigar doenças e tumores bucais, fazer pequenos enxertos ósseos ou implantes, corrigir irregularidades na estrutura do rosto e, em casos mais delicados, agir na reconstrução facial. Além disto, tratar cirurgicamente doenças que envolvem as articulações temporomandibulares, localizadas a frente das orelhas, também faz parte dos objetivos da equipe.

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui