Crianças e adolescentes por um trânsito mais seguro

Ações e palestras no Espirito Santo e Paraná têm foco na conscientização sobre o Maio Amarelo e na união que pode salvar vidas

Crianças e adolescentes por um trânsito mais seguro

Crianças e adolescentes do Paraná e Espírito Santo vivenciaram, na prática, como a união pode salvar vidas. Com a retomada das atividades presenciais em 2022, voluntários da Perkons, empresa especializada em tecnologia e segurança para o trânsito, levaram até as salas de aula atividades de conscientização e de educação para o trânsito neste mês do Maio Amarelo.

No último dia 11, no SESI de Araçás, em Vila Velha (ES), cerca de 150 crianças de 6 a 8 anos, dos 1º, 2º e 3º anos do ensino fundamental, participaram de uma palestra que apresentou os princípios básicos do trânsito e suas regras, além da segurança, como uso de cadeirinha e de cinto, travessia na faixa e o respeito ao semáforo. Alexander dos Santos, voluntário e coordenador da regional Perkons no Estado, conta como foi realizar essa atividade. “As crianças foram muito participativas e todos queriam ‘brincar’ de como atravessar a rua em segurança. Ao final todos sabiam quais atitudes fazem um trânsito mais seguro e se comprometeram em ‘multar’ os adultos que não respeitam as regras. Sabe qual o valor da multa? ‘Eu vejo tudo o que você está fazendo’, disseram. Fiquei muito feliz em poder contribuir na formação destes pequenos cidadãos”, comenta.

No Paraná, no dia 16, 60 adolescentes do 4º ano do ensino técnico do Colégio Estadual Benedicto João Cordeiro, localizado em Curitiba (PR), se uniram para debater sobre o Maio Amarelo. De forma didática e com exposição de dados e imagens, a Perkons explicou para os alunos como todos podem tornar o trânsito mais seguro, com atitudes simples do dia a dia. Francielle Novak, voluntária e analista de marketing da empresa, destaca que as escolas, como formadoras de opinião, devem inserir em seu contexto o processo de formação para um trânsito mais humano e mais seguro para todos. “Falar aos alunos sobre isso me trouxe satisfação e grande alegria”, afirma.

Nesses tempos de hiper conectividade, o uso responsável do celular, tanto ao conduzir, como também ao atravessar a rua, é fundamental. São pequenos cuidados que salvam vidas. O aluno Gabriel Farias destacou que “a educação no trânsito é muito importante, principalmente, na escola, onde estamos formando nossa opinião. Temos responsabilidades como cidadãos, logo iremos tirar a carteira de motorista e é nosso dever respeitar as leis de trânsito e cuidar do próximo”, diz.

Segundo a diretora do Colégio Benedicto João Cordeiro, Silvana de Oliveira, “a educação sobre o trânsito dentro do ambiente escolar é de extrema importância; explicar que a imprudência é a maior causadora de acidentes, que os equipamentos de fiscalização têm papel fundamental no salvar vidas. Com educação seremos cidadãos muito mais conscientes e teremos um trânsito mais humanizado”, avalia.

A nona edição do Maio Amarelo tem como missão conscientizar a população de que cada pessoa é capaz de salvar vidas todos os dias. O respeito às leis de trânsito e pequenas atitudes do dia a dia, como cordialidade, empatia e solidariedade, seja na condução de um veículo ou andando pela cidade, fazem a diferença. “Juntos Salvamos Vidas” é o tema de 2022.

Paula Batista

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui