Quais os riscos para a saúde decorrentes da má gestão do óleo usado?

Ganho de peso, problemas intestinais, aumento do colesterol ruim, infarto, diabete, piora da hipertensão, acúmulo de gordura no fígado, arteriosclerose e programas cardíacos – muitos deles sérios. Estes são os principais malefícios que o consumo exagerado de alimentos fritos trazem – devidamente potencializados quando o óleo utilizado é o mesmo há semanas.

O consumo de óleo dificilmente pode ser evitado por ser parte da nossa dieta, no entanto, as recentes altas nos preços do litro do óleo nas prateleiras de supermercados obriga que os consumidores utilizem o mesmo óleo diversas vezes, e muitos destes podem ser cancerígenos.

O reuso pode causar acúmulo de placas de gordura, cálcio e outras substâncias nas artérias. O resultado é bem conhecido nos prontos socorros: infartos, derrames e até mesmo morte súbita podem estar diretamente vinculados com alimentos fritos naquela gordura vegetal usada inúmeras vezes:

“O óleo vai impregnar estas substâncias na batata frita, no hambúrguer ou qualquer outro alimento. Se o óleo for velho, as chances de contaminar os alimentos serão muito maiores.” explica o diretor da Ambiental Santos, Vitor Dalcin.

Como evitar problemas de saúde com óleo vegetal usado
– Ajustar a temperatura do fogo entre 140 e 180 graus, dependendo do alimento.
– Nunca adicionar óleo novo a uma frigideira ou fritadeira com óleo velho.
– Deve ser protegido da luz direta, do ar, do calor excessivo e estar sempre coberto:

“Para alimentos imersos em óleo, certifique-se de que os alimentos estão completamente submersos no óleo. Se precisar fritar alimentos congelados, como peixe, retire os pequenos restos de gelo”.

Após a fritura, o ideal é filtrar o óleo para não haver resíduos. Os óleos para fritura permitem sua reutilização várias vezes, mas devem ser filtrados sempre.

Descarte correto
O descarte de óleo usado pode contaminar solos, águas superficiais e subterrâneas (aquíferos) e causar aumento de microrganismos e pragas urbanas. O óleo vegetal usado é um resíduo que deve ser gerenciado por empresa especializada. Por isso, ao final da vida útil do óleo. Coloque-o em uma garrafa pet e entregue em um ponto de coleta. Nunca entregue para os carros que passam nas ruas, eles não tem as licenças necessárias.

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui