Empreendimentos imobiliários de alto padrão são ótimas opções para quem busca investimentos em reserva de valor

O investimento em imóveis de alto padrão como reserva de valor é uma visão comum entre os grandes investidores globais. (Créditos: Divulgação / Envato).

Investimento em um ativo para reserva de valor busca proteger o patrimônio contra as variações do mercado, principalmente em momentos como guerras ou instabilidades econômicas.

Em vários lugares do mundo, principalmente em grandes centros urbanos onde a densidade populacional é maior, o investimento em empreendimentos imobiliários de alto padrão tem se tornado tendência. Porém, esse investimento é diferente do tradicional, que geralmente concorre com dividendos e rendimentos de outras classes de ativos financeiros, seja ação, títulos do tesouro ou ainda aquele investidor que vai ao mercado buscar um imóvel para rentabilizar seu dinheiro a taxas melhores do que poderia buscar em outros tipos de aplicações financeiras.

Segundo o analista de inteligência de mercado da GT Building, Diego Veiga, uma das principais construtoras e incorporadoras de Curitiba e região, em relação aos imóveis de alto padrão o investimento tem uma caracterização diferente. “Funciona muito mais com uma reserva de valor do que como uma proteção da sua liquidez frente a qualquer tumulto, seja macroeconômico, pressão inflacionária ou alguma coisa do gênero. Recorrer a imóveis de alto padrão é como uma forma de proteger sua carteira de eventuais desvalorizações que podem ser causadas por agentes externos”, afirma.

Ativo imobiliário

A compra de um imóvel já é um investimento por si só, pois mesmo quem o compra para morar espera que ele se rentabilize ao longo do tempo, o que é completamente diferente de uma compra de um carro, que é um ativo em depreciação. “O imóvel comprado na planta se valorizará quando o mesmo estiver pronto, enquanto o carro adquirido vale 15% a menos do que o valor investido nele no momento em que esse sai da concessionária”, pontua Diego.

O investimento em imóveis de alto padrão como reserva de valor é uma visão comum entre os grandes investidores globais justamente para momentos de incertezas, como guerras ou instabilidades econômicas. “Em momentos de incertezas, os imóveis diferenciados prosperam. Durante a pandemia, vivenciamos uma explosão na procura de propriedades de luxo jamais vista. Nos principais polos de imóveis topo de pirâmide, como Monaco, Aspen e NY, o que tinha no mercado durante a pandemia foi vendido. Em muitos casos, até revendido”, incentiva Diego.

Escassez e valorização

Mesmo que existam altos e baixos no mercado imobiliário, a tendência é que todo imóvel pelo menos mantenha o seu valor perante a inflação ao longo do tempo. Por isso é tão importante colocar na mesa as opções para investimento levando em consideração o perfil do investidor. A localização do imóvel também é muito importante para que a valorização de determinado empreendimento seja maior.

Outro ponto importante é a questão da escassez, que protege o valor do imóvel ao longo do tempo, pois quanto menos terrenos disponíveis estiverem no mercado maior será o valor do seu ativo imobiliário. Cidades como Hong Kong, Mônaco e Nova Iorque têm o preço de metro quadrado mais caro do mundo, e isso está relacionado diretamente à escassez.

“Quando vemos esses prédios altos sendo construídos em Nova Iorque é porque o potencial construtivo inutilizado dos lotes vizinhos foi comprado pelo novo projeto a fim de verticalizar o máximo de área que puder. Ou seja, como o potencial de Manhattam é um só, cada prédio “super slender” que é construído significa que tem menos potencial disponível no mercado para a elaboração de um outro de mesmo porte. O 432 Park Avenue e todos os outros megaprojetos existentes na rua 57, por exemplo, proporcionam uma vista exclusiva aos seus moradores do Central Park, que nunca será obstruída. Em Curitiba, com o OÁS Barigui, estamos oferecendo a oportunidade de eternizar uma das melhores vistas da cidade em um empreendimento que, por muito tempo, será o único da cidade com 50 andares”, enfatiza Diego.

O OÁS Barigui será o prédio mais alto da capital paranaense. Com 179 metros de altura e 50 andares, o empreendimento tem previsão de entrega para 2027 e possui inúmeros diferenciais que o fizeram buscar os cinco principais selos de sustentabilidade e bem-estar do país. O edifício foi projetado para ser um verdadeiro Oásis em meio à cidade, além de ser carbono zero, ou seja, irá compensar todas as toneladas de Co² emitidas desde a construção por meio da compra de créditos de carbono oriundos de áreas de reflorestamento e projetos de energia limpa.

Importância de uma reserva de valor

Saber o que é reserva de valor é importante para realizar o gerenciamento adequado dos recursos financeiros de acordo com o cenário econômico. Durante o período mais crítico da pandemia de Covid-19, por exemplo, muitos países tiveram suas economias fortemente prejudicadas.

A procura por investimentos em uma reserva de valor tem aumentado. Mas para fazer um bom investimento é preciso entender o momento econômico e entender qual é o melhor ativo para investir e manter o poder de compra. O investimento em empreendimentos imobiliários de alto padrão para reserva de valor é uma ótima opção para quem quer se proteger contra crises econômicas, pois esse patrimônio servirá como uma defesa já que não perde o valor com o tempo.

“Não existe momento correto para fazer um investimento desse perfil. Diferente de comprar um estúdio ou uma sala comercial, em que sua rentabilidade será diretamente impactada pelo patamar da taxa de juros do momento, quando se compra um imóvel como reserva de valor o que buscamos é a possibilidade de valorização do patrimônio com liquidez superior à dos empreendimentos concorrentes”, finaliza Diego.

Sobre a GT Building 

A GT Building projeta empreendimentos com o propósito de entregar mais que um imóvel, um projeto de vida, atendendo aos clientes de forma personalizada, com isso já é uma das maiores incorporadoras do estado e líder no mercado de Curitiba em volume de vendas. A empresa obteve um VGV de R$ 310 milhões no ano de 2021. Partindo de um conceito inovador, aliado à tecnologia, modernidade, qualidade, confiança e sustentabilidade, possui em seu repertório 20 edifícios em diferentes fases, cada um com uma personalidade única. Entre eles o Casa Milano, Bosco Centrale, Denmark, All Batel, Maison Alto da Glória e o mais novo lançamento, OÁS Barigui, que será o mais alto de Curitiba.

 

Grupo Excom | Contatos de Imprensa

Jorge Camargo | (41) 9 9636-5958 | jorge.camargo@excom.com.br

Cecile Freire Krüger | (41) 9 8848-2726 | cecile@excom.com.br