Com foco na melhoria da Educação, projeto Avança Litoral é lançado no Paraná

Com foco na melhoria da Educação, projeto Avança Litoral é lançado no Paraná
Crédito: Secretaria de Educação de Paranaguá

Empoderar os coordenadores e orientadores pedagógicos diante do novo cenário da Educação brasileira: esse é um dos objetivos do projeto Avança Litoral, lançado na última semana pelo Arranjo de Desenvolvimento da Educação (ADE) Litoral Paranaense. Cerca de 250 profissionais da Educação de Antonina, Guaraqueçaba, Guaratuba, Matinhos, Morretes, Paranaguá e Pontal do Paraná, que integram o Arranjo, participaram do lançamento durante os três dias de encontro, realizados em Guaratuba e Paranaguá. Ao todo, serão três módulos a serem concluídos até o final de outubro.

A proposta é promover espaços de diálogo entre os participantes nos quais são abordadas temáticas relevantes para o dia a dia destes profissionais, incluindo aspectos técnicos, planejamento pedagógico e estratégias de comunicação. O objetivo é aprimorar ainda mais as habilidades dos coordenadores e orientadores pedagógicos da região e, por consequência, possibilitar o avanço na aprendizagem dos estudantes das redes. “Reconhecemos o papel fundamental desempenhado pelos coordenadores e orientadores pedagógicos  na formação dos alunos. Conscientes dessa importância, lançamos o projeto Avança Litoral, fruto de um esforço coletivo, com o objetivo de fortalecer ainda mais esses profissionais essenciais para a Educação e, além disso, facilitar a troca de experiências entre os colegas”, diz Amanda Rocha, analista de Implantação de Projetos do Instituto Positivo, entidade articuladora do ADE Litoral Paranaense.

Com foco na melhoria da Educação, projeto Avança Litoral é lançado no Paraná
Crédito: Secretaria de Educação de Paranaguá

A diretora do Instituto Positivo, Eliziane Gorniak, destaca o projeto Avança Litoral como um dos programas mais relevantes lançados até o momento, considerando o potencial de impacto e abrangência. “O papel do projeto é potencializar toda a riqueza de conhecimento que existe em cada um dos municípios, que agora se comprometem coletivamente a unir essas potencialidades em prol da Educação. Além disso, a função da iniciativa é contribuir com os territórios na identificação de lacunas que ainda precisam ser preenchidas, considerando as melhores práticas já existentes”, reforça. Ela acrescenta que o propósito é criar uma estrutura de sustentação para aperfeiçoar, dar forma e garantir a continuidade desse trabalho, possibilitando as transformações necessárias.

Para Adriana Assumpção, secretária municipal de Educação de Morretes, o maior benefício é o avanço e a preocupação com o resultado direto para o estudante. “Essa iniciativa está unindo todos nós para que possamos enfrentar nossas fraquezas e sucessos de mãos dadas, ajudando a entender e mudar esse cenário”, avalia. Uma das participantes do encontro em Paranaguá, a coordenadora pedagógica da Escola Municipal Iná Xavier Vieira Zacharias, Renata de Morais, conta por que gostou do formato de troca de experiências. “É algo para refletirmos sobre nossa prática dentro da escola, e acredito que só tem a somar com os resultados que buscamos para a melhoria da qualidade de ensino de Paranaguá.”

De acordo com a secretária municipal de Educação de Paranaguá, Tenile Xavier, é ótimo ver que os municípios do litoral paranaense estão se reunindo para discutir e planejar o projeto. “Essa iniciativa de fortalecer e valorizar os profissionais por meio de formação continuada é muito importante para o desenvolvimento educacional da região. O regime de colaboração nos ajudará a criar estratégias para melhorar os indicadores da Educação Básica e, juntos, alcançarmos melhorias tanto na qualidade quanto na equidade territorial”, afirma. A expectativa para os próximos encontros, segundo ela, é que o trabalho continue a promover a troca de conhecimento e experiência entre os municípios do litoral paranaense, pois o trabalho colaborativo e a cooperação são os alicerces desse projeto.

Sobre ADE Litoral Paranaense

Implantado em 2022, o ADE Litoral Paranaense conta com sete municípios: Antonina, Guaraqueçaba, Guaratuba, Matinhos, Morretes, Paranaguá e Pontal do Paraná. O objetivo é atuar de forma colaborativa para melhoria da educação do território. Após diagnóstico, os secretários e técnicos em educação definiram como meta principal trabalhar a aprendizagem em Língua Portuguesa e Matemática. O Instituto Positivo apoia o ADE Litoral Paranaense e atua como mentor técnico da iniciativa.