Power Light fecha parceria com Fábio Gouveia

A empresa vai fabricar com exclusividade as pranchas do surfista profissional

Shaper amador desde os 14 anos, o surfista profissional Fábio Gouveia fecha parceria com a Power Light, marca de pranchas de surf da Magic Surf, para produção exclusiva de suas pranchas. A empresa será responsável pela produção das pranchas em carbono, madeira, e carbono e madeira, produzidas com a tecnologia própria e pioneira no Brasil, com um software de fluido dinâmico para implementar gêmeos digitais, criado em parceria com a Siemens. A tecnologia de gêmeos digitais é a responsável por reproduzir fielmente o protótipo da prancha digitalmente, garantindo que ela fique exatamente como projetada no computador.

A experiência de Fábio Gouveia como campeão brasileiro e mundial de surf amador, duas vezes campeão brasileiro de surf profissional e campeão do WQS são impressas nos modelos assinados por ele. “Os experimentos para as primeiras pranchas começaram quando eu ainda era adolescente. Com uns 15 anos, aprendi a trabalhar com resina e fibra de vidro e logo estava consertando pranchas e lixando algumas. A parceria com a Power Light dá início a uma nova fase da minha vida profissional como shaper, possibilitando a produção dos meus modelos em carbono, com alta tecnologia e qualidade”, afirma. As pranchas de carbono trazem mais durabilidade, resistência e performance, além de serem mais leves, o que torna mais fácil as manobras ou atingir velocidade, além da facilidade de carregar elas fora da água.

Empresa pioneira na produção de pranchas de carbono, desde 2010 as pranchas da Power Light são focadas em alta performance, com durabilidade 100% maior, flutuação 20% maior e 20% mais leves que os convencionais. A empresa tem uma equipe especializada em entender as particularidades de cada surfista, para desenvolver uma prancha que se adapte ao seu estilo e promova desenvolvimento no esporte, além de ser responsável pela fabricação de pranchas de grandes shapers do mercado, como Guga Arruda, o bicampeão mundial de longboard, Phil Rajzman e Wagner Pupo (pai dos atletas do WCT Samuel e Miguel Pupo). “Apesar da produção em larga escala, conseguimos absorver as peculiaridades de cada um e produzir a prancha ideal para suas necessidades”, afirma o CEO da Magic Surf, Fábio Duarte.