Aposte nos revestimentos cimentícios para um visual moderno e contemporâneo nos projetos de interiores

0
5
Na sala de estar deste apartamento, a arquiteta Rosangela Pena explorou a modernidade do revestimento com o acabamento ripado em concreto | Projeto Rosangela Pena Arquitetura| Foto: Sidney Doll

Resistentes, com inúmeras facetas e excelentes para o revestimentos de pisos e paredes, a arquiteta Rosangela Pena fala sobre os benefícios e como usar o material

Os revestimentos cimentícios possuem diversas vantagens e uma delas é a ampla variedade de texturas. Nesta área social, a arquiteta Rosangela Pena, optou pela aplicação de uma textura mais rústica na parede | Projeto Rosangela Pena Arquitetura| Foto: Sidney Doll

Resistente, tecnológico, durável e capaz de reproduzir diferentes formas, acabamentos e cores: esse é o revestimento cimentício, um material sustentável e contemporâneo para os projetos de arquitetura de interiores. Composto por cimento, areia, fibras naturais, aditivos e inclusive resíduos recicláveis, tem ganhado destaque nos projetos arquitetônicos residenciais por conta de sua versatilidade e estética única. Além disso, sua capacidade de utilização em diversos espaços o torna ainda mais requisitado para a concepção de ambientes estéticamente agradáveis e personalizados.

“Gosto muito do efeito que o cimentício nos entrega na aplicação tanto em áreas internas como externas”, avalia arquiteta Rosangela Pena, responsável pelo seu escritório. Ela afirma seu apreço por explorar as diversas vantagens do revestimento, desde os aspectos técnicos, praticidade e os resultados nas obras que executa. Acompanhe as informações compartilhadas pela profissional.

Variedade de texturas

Na sala de estar deste apartamento, a arquiteta Rosangela Pena explorou a modernidade do revestimento com o acabamento ripado em concreto | Projeto Rosangela Pena Arquitetura| Foto: Sidney Doll

Com o grande número de acabamentos e texturas disponíveis no mercado, incluindo desde as superfícies lisas e polidas até as texturas rústicas e rugosas, a profissional relata a liberdade que tem para escolher o visual desejado, sempre de acordo com as especificidades do projeto e os gostos do cliente. “O revestimento pode compor qualquer ambiente, mas pelas premissas de aconchego e conforto, eu evito dormitórios ou outros cômodos que peçam essa sensações”, orienta. “Também é muito bacana o fato de receber diversas colorações”, complementa.

Resistência e Durabilidade

Por seus atributos técnicos, o revestimento cimentício é também indicado para áreas sujeitas ao desgaste intenso e tração como ambientes de alta circulação de pessoas ou veículos. Isso acontece devido à composição que leva cimento, agregados e outros aditivos que resultam em alta performance de resistência, baixa porosidade a forte densidade que reduz o risco de infiltrações e danos nos ambientes. Mas as premissas não param por aí: a conservação, mesmo em altas temperaturas e aos impactos, também somam pontos para futuras manutenções em longo prazo.

Aplicações Práticas

Pelo fato de também receber cor, a arquiteta Rosangela Pena utiliza esse artifício para criar contrastes dentro da proposta do décor. Nesse projeto, ela fez a aplicação do tom acobreado para comunicar com os gradientes escuros presentes nos itens decorativos e na divisória mais adiante | Projeto Rosangela Pena Arquitetura| Foto: Sidney Doll

Com tantos predicados, Rosangela destaca a relevância de realizar uma execução perfeita do revestimento cimentício. Para começar, ela indica a necessidade de calcular o peso das peças, atividade que realiza com o apoio do consultor na hora da compra. Já na obra, ela não dispensa a contratação de mão de obra especializada, pois o conhecimento técnico é essencial para efetuar os recortes específicos, bem como a colocação. Vale sinalizar também que o revestimento cimentício também anda de mãos dadas com os princípios ecológicos que a arquitetura atual vem buscando ampliar.

Limpeza e manutenção

Ao escolher o revestimento cimentício para essa varanda, a arquiteta Rosangela Pena suavizou a intensidade do concreto com os ares leves e agradáveis para relaxar e apreciar o skyline de São Paulo | Projeto Rosangela Pena Arquitetura| Foto: Sidney Doll

Para as áreas externas, a arquiteta recomenda a limpeza regular com água como forma eficaz de remoção das sujidades. Já nos espaços internos, basta a tradicional esponja ou pano com água e detergente neutro, mas caso alguma mancha persista, o mercado oferta produtos específicos para o revestimento cimentício. “Seguir as recomendações do fabricante é primordial para não se arrepender pela aplicação incorreta”, finaliza.

Sobre a arquiteta Rosangela Pena

Arquiteta e Urbanista formada pela Universidade Cruzeiro do Sul, Rosangela Pena comanda o escritório de arquitetura e interiores em São Paulo; atuando há mais de 20 anos na área, visando integrar sofisticação, funcionalidade e conforto para dar vida à projetos inovadores e contemporâneos com uma qualidade excepcional. A equipe do escritório Rosangela Pena Arquitetura é formada por um time de profissionais bem entrosados e competentes, sendo cada um uma peça fundamental para o funcionamento do escritório como um relógio.

Instagram: @rosangelapenaarquitetura

Site: www.rosangelapenaarquitetura.com

Tel.: 11 2251-5889